1 de dezembro de 2017 às 09:32h

PIB cresce 0,1% no 3º trimestre e chega a R$ 1,641 trilhão

O Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todas as riquezas produzidas no país, fechou o terceiro trimestre de 2017 com alta de 0,1% na comparação com o segundo trimestre, na série ajustada sazonalmente. Foi a terceira alta consecutiva. Na comparação com o terceiro trimestre do ano passado, o crescimento do PIB foi de 1,4%.
 
Com o resultado do terceiro trimestre do ano, o PIB – em valores correntes – atingiu R$ 1,641 trilhão no terceiro trimestre de 2017 no acumulado do ano, sendo R$ 1,416 bilhões referentes ao Valor Adicionado e R$ 225,8 bilhões dos Impostos sobre Produtos Líquidos de Subsídios.
 
Os dados fazem parte das Contas Trimestrais referentes ao terceiro trimestre do ano e foram divulgados hoje (1º), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 
Com o resultado, o PIB acumulado nos quatro últimos trimestres, no entanto, continua negativo, fechando em 0,2% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores.
Com o resultado do segundo trimestre, o PIB fecha os primeiros nove meses do ano com um crescimento acumulado de 0,6%, em relação a igual período de 2016.
 
Da Agência Brasil
 

1 de dezembro de 2017 às 09:30h

Festa do Comércio de Caruaru começa nesta sexta (1º)

A tradicional Festa do Comércio de Caruaru foi resgata e acontecerá durante todo o mês de dezembro no Polo Caruaru. As atividades começam nesta sexta-feira (1º), a partir das 19h, e ocorrem até o dia 31 de dezembro.
 
Na abertura, com início às 19h, o público vai conferir a apresentação do Pastoril, do grupo de dança da Ensaio Escola de Arte, o Show de Calouros e a Banda Nova Euterpe. Tudo acontece no Espaço de Eventos que fica em frente ao Armazém da Criatividade.
 
No local haverá shows de artistas e calouros, o Quem-me-quer, o Papai Noel da Cicle Lanches, Parque de Diversões, retretas no Coreto, pastoril e muito mais. E uma das atrações mais esperadas da Festa do Comércio do Polo será a Monga, a Mulher Gorila, que nos tempos áureos do evento no centro de Caruaru assustou e divertiu tanta gente.
 
“Estamos muito felizes com o feedback que temos recebido das pessoas desde o início da veiculação da mídia. Isso aumenta nossa responsabilidade. O historiador Walmiré Dimeron, nosso parceiro no projeto, tem cuidado de cada detalhe junto com o projetista Robson Vila Nova. Estamos todos trabalhando dia e noite, com muita dedicação, para atender às expectativas de tanta gente ansiosa por reviver um tempo de tanta alegria”, ressalta Djalma Cintra Júnior, empreendedor do Polo Caruaru.
 
Horários – Para atender o público, o Centro de Compras e Lazer terá horário especial durante todo o mês: das 9h às 22h, com exceção dos dias 24/12 e 31/12, quando vai abrir das 9h às 18h (no dia 25/12, o Polo estará fechado).
 

1 de dezembro de 2017 às 09:23h

Cidadãos alegam constrangimento por agentes da Prefeitura de Caruaru

Em Caruaru, moradores do bairro das Rendeiras alegam que foram constrangidos por agentes da Secretaria de Finanças do município. O caso ocorreu na avenida Major João Coelho, nessa quinta-feira (29).
 
Os moradores alegam que agentes do setor de IPTU estiveram nas residências cobrando o pagamento do imposto, acompanhados por viaturas da Guarda Municipal. Os funcionários da Prefeitura teriam sido desrespeitosos e grosseiros, apesar dos impostos terem sido solicitados pelos contribuintes que, até então, não aviam recebido os boletos para pagamento da taxa.
 
Entre os moradores estava o presidente do Sismuc Regional, Eduardo Mendonça, que relatou que os agentes da Sefaz chegaram nos imóveis fazendo até ameaça de fechar o local.
 
O caso revoltou os demais moradores, que indignados com o fato, decidiram que vão acionar a justiça contra a ação promovida por funcionários da Prefeitura de Caruaru.
 


1 de dezembro de 2017 às 09:00h

Presidente do PR é transferido para Cadeia Pública em Benfica, no Rio


 
O ex-ministro dos Transportes e presidente do Partido da República (PR), Antônio Carlos Rodrigues, foi levado pela Polícia Federal (PF) para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte do Rio de Janeiro. Rodrigues desembarcou na tarde desta quinta-feira no Aeroporto Santos Dumont vindo de Brasília, onde se entregou à polícia na terça-feira (28).
 
O ex-ministro teve a prisão decretada pela Justiça Eleitoral de Campos dos Goytacazes, no norte do estado, no âmbito da Operação Caixa D’Água, deflagrada pela PF no dia 22. Também foram presos na mesma operação os ex-governadores do Rio Anthony e Rosinha Garotinho.
 
Todos são acusados de crimes de corrupção, concussão, participação em organização criminosa e falsidade na prestação das contas eleitorais. A PF e o Ministério Público Estadual identificaram nas investigações indícios de que a empresa JBS firmou contrato fraudulento com uma empresa de Macaé, também do norte do Rio, para prestação de serviços na área de informática. As apurações apontaram ainda que os serviços não eram efetivamente prestados e que o contrato, de aproximadamente R$ 3 milhões, serviria apenas para o repasse irregular de dinheiro para campanhas eleitorais.
 
Empresários ouvidos informaram à PF que o ex-governador cobrava propina nas licitações da prefeitura de Campos, exigindo o pagamento para que os contratos fossem honrados pelo município.
 
Defesa – A defesa do ex-governador Anthony Garotinho informou que a doação de R$ 3 milhões da JBS ao diretório do PR, nas eleições de 2014, aconteceu dentro do que determina a Lei Eleitoral. Afimrou ainda que os recursos foram declarados na Prestação de Contas Partidárias, aprovada pela Justiça Eleitoral.
 
A defesa destacou ainda que o casal Garotinho não é acusado de ter recebido qualquer benefício pessoal e, tampouco, de ter enriquecido. Por isso, diz acreditar que terá êxito nos recursos que serão impetrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a manutenção da prisão do ex-governador e do estabelecimento de medidas cautelares para Rosinha, que está em liberdade restrita, com obrigação de recolhimento noturno e uso de tornozeleira eletrônica, conforme determinou ontem o Tribunal Regional Eleitoral.
 
A ex-governadora e ex-prefeita de Campos deixou a cadeia pública de Benfica no início da madrugada de hoje e foi levada para o seu apartamento no bairro do Flamengo, na zona sul do Rio, na companhia do advogado Carlos Azeredo e da filha, Clarissa Garotinho, que é secretária de Desenvolvimento, Emprego e Inovação da prefeitura do Rio.
 
Garotinho – O ex-governador permanece preso na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8), no Complexo de Gericinó, na zona oeste do Rio. Hoje Garotinho foi ouvido sobre a denúncia de que teria sido agredido na cadeia pública de Benfica, mas ainda não fez o retrato falado do suposto agressor.
 
Da Agência Brasil
 

30 de novembro de 2017 às 09:50h

MEC libera R$ 50 milhões para universidades de Pernambuco

O Ministério da Educação anunciou a liberação de R$ 50,33 milhões para universidades, institutos federais e instituições de Pernambuco. Desse montante, R$ 26,44 milhões são referentes a recursos financeiros discricionários e R$ 23,89 milhões referem-se ao limite de empenho para custeio.
  

As instituições pernambucanas contempladas foram a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), com R$ 6,63 milhões; a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com R$ 20 milhões; a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), com R$ 10,24 milhões; a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), com R$ 67,93 mil; o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), com R$ 9,29 milhões; e o Instituto Federal do Sertão Pernambucano, com R$ 4,09 milhões.

 
De acordo com o ministro Mendonça Filho, 100% do custeio das instituições está garantido pela verba. “Pelo segundo ano consecutivo, garantimos 100% do custeio para a rede federal, fato que não acontecia há alguns anos”, declarou.
  

Nacional – No total, o Ministério da Educação liberou nesta quarta-feira R$ 1,023 bilhão para universidades, institutos federais de todo o país e instituições vinculadas à pasta. Desse total, R$ 497,04 milhões são referentes a recursos financeiros discricionários, quantia que, somada ao que já foi repassado este ano, chega a R$ 7 bilhões.

 

30 de novembro de 2017 às 09:46h

Câmara aprova texto-base de MP que reduz tributação para setor de petróleo e gás

Em uma sessão tumultuada, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta quarta-feira (29), por 208 votos favoráveis a 184 contrários, o texto-base da Medida Provisória 795/17, que cria um regime especial de importação de bens a serem usados na exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos.
 
A MP está em vigor desde agosto e precisa ser aprovada no Congresso até o dia 15 de dezembro para continuar valendo. A medida suspende os tributos cobrados a bens destinados a atividades de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural que permanecerem no Brasil de forma definitiva. O mesmo vale para a importação ou aquisição no mercado interno de matérias-primas e produtos intermediários destinados à atividade.
 
Segundo o texto, ficam isentos o pagamento do imposto de importação, do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), da contribuição para o Programa de Integração Social e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público – PIS/Pasep-Importação – e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social – Cofins-Importação. A exceção fica para embarcações destinadas a navegações de apoio marítimo, portuário, de cabotagem e de percurso nacional, que, segundo a legislação, são restritas a equipamentos nacionais.
 
Quando enviada pelo governo, a proposta suspendia os tributos somente até 31 de julho de 2022. Ao relatar a matéria, porém, o deputado Júlio Delgado (PP-RJ) ampliou o prazo para 2040, mesmo ano para o qual foi prorrogada a vigência do Repetro.
 
Segundo a justificativa enviada pelo governo ao Congresso Nacional, o Imposto de Renda aplicado às remessas ao exterior, a título de afretamento ou aluguel de embarcações marítimas praticados no país, “apresentam um desequilíbrio econômico e não estão compatíveis com os percentuais adotados por outros países”. Dessa forma, o texto ajusta o percentual “para manter a segurança jurídica”.
 
A justificativa do Executivo também afirma que a MP estabelece que o parcelamento de débitos tributários (Refis) de IRRF nas remessas ao exterior para pagamento de frete de embarcações marítimas do setor de petróleo e de gás natural teve seu percentual alterado, pois “havia grande divergência de entendimento entre o Fisco e os contribuintes, o que gerava litígios administrativos e judiciais”.
 

30 de novembro de 2017 às 09:23h

Entidades médicas discutem desaparecimento de crianças e violência contra a mulher

Nesta quinta-feira (30), o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) e o Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) realizam, em Caruaru, uma reunião para discutir sobre sobre crianças desaparecidas, combate a violência contra a mulher e o acolhimento às mulheres vítimas de agressão na emergência. O encontro ocorre na IV Geres de Saúde, às 10h.
 
A Caravana Cremepe está na 14ª edição. Este ano serão debatidos dois temas. O primeiro, o desaparecimento de crianças que, no Brasil, o total das não encontradas está em torno de 35 mil.
 
Também será debatido o crescimento da violência contra a mulher. Em Pernambuco, Caruaru é segundo município com maior número de casos de violência doméstica, ficando atrás apenas da capital, Recife. Na cidade também é alarmante o número de estupros. De janeiro a agosto de 2017 foram registrados 51 casos. 
 
A IV Geres fica na Rua General Estilac Leal, S/N – Salgado.
 

30 de novembro de 2017 às 09:02h

Pernambuco de Verdade visita obras na Mata Sul

Nesta quinta-feira (30), a Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) visitará a Zona da Mata Sul do Estado, em mais uma edição do Pernambuco de Verdade. As visitas serão realizadas em obras e equipamentos públicos nas cidades da região.
 
Ao final do dia, o bloco oposicionista realizará uma audiência pública na Câmara Municipal de Maraial, às 18h, para discutir os principais problemas da região com a população, lideranças sindicais, estudantis, empresários e representantes de movimentos populares.
 
Este ano, o Pernambuco de Verdade já percorreu mais de cinco mil quilômetros, abrangendo mais de 60 cidades do Estado. Foram visitados o Sertão do Pajeú, Sertão do Moxotó, Sertão do Araripe, Sertão do São Francisco, Agreste Setentrional, Agreste Meridional, Agreste Central e Zona da Mata Norte.
 

30 de novembro de 2017 às 08:48h

Ex-governadora Rosinha Garotinho deixa prisão em Benfica

A ex-governadora do Rio de Janeiro Rosinha Garotinho deixou a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte da cidade, no início da madrugada desta quinta-feira (30) e já se está em seu apartamento, no Flamengo, na zona sul da cidade. Ao deixar a prisão, na companhia do advogado Carlos Azeredo, Rosinha foi recebida por sua filha, a deputada Clarissa Garotinho (PR-RJ).
 
Proibida de deixar o Rio, a ex-governadora ficará em liberdade restrita, com recolhimento noturno, e terá de usar tornozeleira eletrônica. Ela foi beneficiada por decisão unânime nos desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que acolheram um habeas corpus impetrado por sua defesa.
 
A decisão, no entanto, não foi estendida a seu marido, o também ex-governador Anthony Garotinho, que continuará cumprindo prisão preventiva no Complexo Penitenciário de Bangu, na zona oeste da cidade, para onde foi transferido, depois de denunciar uma suposta agressão no presídio de Benfica. Em Benfica, há outros políticos presos, entre os quais o também ex-governador Sérgio Cabral.
 
Na mesma sessão do TRE que liberou Rosinha da prisão, Garotinho teve negado, por 5 votos a 0, negado o pedido de cancelamento de sua prisão, mas a defesa já adiantou que recorrerá ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
 
A prisão do ex-governador foi determinada após denúncia oferecida pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), que o acusou de ter recebido benefícios do grupo econômico J&F, com uma doação ilegal de R$ 3 milhões para financiamento de sua campanha ao governo do estado em 2014.
 
De acordo com a denúncia, feita com a colaboração de delatores envolvidos no esquema, Garotinho liderava uma organização criminosa que intimidava e praticava extorsão contra empresários para que doassem cifras significativas, por meio de caixa 2, provenientes de contratos firmados com o município de Campos, no norte fluminense.
 
Da Agência Brasil
 

30 de novembro de 2017 às 08:47h

Evento oferece vagas de emprego em Caruaru

Nesta sexta-feira (1), a partir das 8h, será realizada a “Feira de Negócios Realiza”. O evento ocorre na Praça do Rosário, em Caruaru, e disponibilizará serviços de compras e negociações do setor imobiliário e de automóveis. O evento vai oferecer também 25 vagas de emprego para vendedores que moram na cidade e região.
 
Para concorrer a uma das vagas não precisa ter experiência com vendas, durante o processo seletivo o candidato passará por treinamentos. O interessado deve ter idade mínima de 18 anos, ter concluído o ensino fundamental ou médio e levar o currículo impresso com foto na tenda de atendimento, que ficará montada no local até às 16h do sábado (2).   
  

30 de novembro de 2017 às 08:39h

Atlas apresenta áreas com maior potencial de geração de energias renováveis do Estado

Um mapeamento das áreas com maior potencial de geração de energias renováveis foi realizado no Estado. O Altas Eólico e Solar de Pernambuco foi desenvolvido para disponibilizar dados técnicos precisos para facilitar a instalação de empreendimentos do setor no território pernambucano. A publicação foi lançada em solenidade comandada pelo governador Paulo Câmara, no Palácio do Campo das Princesas. E está disponível online
 
“A gente vai poder, a partir desse atlas, apresentar e vender Pernambuco como um Estado que possui um potencial enorme na geração dessas energias renováveis. A preservação dos nossos mananciais, dos nossos rios é necessária e se tornou um alerta de que a gente precisa investir cada vez mais em energias limpas, alternativas”, frisou o governador.
 
O Atlas Eólico e Solar apresenta uma visão geral do potencial de produção de fontes eólicas e solares no Estado, através dos níveis de vento e de radiação solar, cruzando com uma série de mapas digitais em alta resolução que ressaltam aspectos da geografia, economia e infraestrutura da nossa região.
 
“Reunimos um conjunto de informações privilegiadas aos potenciais investidores e criamos, com isso, a chance de Pernambuco largar na frente nos novos investimentos que, certamente, virão com os novos leilões de energia eólica e de energia solar. Então, ele é um importantíssimo instrumento para facilitar a atração, a indução e a facilitação dos investimentos em Pernambuco”, explicou o vice-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry.
 
Pernambuco conta, hoje, com um potencial técnico da ordem de 100 GW de energia eólica e ainda outros 1.200 GW de energia solar. O modelo híbrido também é viável em território pernambucano, pois o ciclo diário de produção das energias eólica e solar são complementares, podendo produzir anualmente em torno de  270 GW.
 

30 de novembro de 2017 às 08:28h

MPF denuncia Henrique Alves e Eduardo Cunha por corrupção passiva

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF-RN) denunciou os ex-presidentes da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves e Eduardo Cunha, ambos do PMDB, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro qualificada.
 
Na denúncia, enviada à Justiça na última segunda-feira (27) e divulgada hoje (29), o MPF acusa os ex-deputados e mais seis pessoas de receber mais de R$ 6 milhões em propina oriunda de fraudes em contratos de financiamento da Caixa Econômica Federal.
 
De acordo com o MPF, os recursos desviados foram usados para compra de apoio político na campanha eleitoral de Henrique Alves ao governo do Rio Grande do Norte, em 2014, no primeiro e segundo turnos. O repasse da propina foi efetuado, ainda conforme o MPF, pelo doleiro Lúcio Funaro, um dos denunciados, que assinou acordo de delação premiada.
 
“Os montantes eram oriundos de esquema de corrupção e lavagem de dinheiro implantado por ambos os ex-deputados na Caixa Econômica Federal, entre os anos de 2011 e 2015, mediante a indicação de aliados políticos para altos cargos na empresa pública federal e a subsequente cobrança de propina de empresas interessadas na celebração de contratos de financiamento com o banco público”, diz trecho da denúncia.
 
Para o MPF, os ex-parlamentares, em razão do recebimento das vantagens indevidas, “no mínimo, omitiram-se de seu dever de fiscalização da administração pública federal, deixando de adotar providências em relação ao esquema ilícito em questão.”
 
Além de Cunha, Alves e Funaro, são alvos da denúncia Arturo Silveira Dias de Arruda Câmara, cunhado e coordenador da campanha de Alves, José Geraldo Moura da Fonseca Júnior, Aluízio Henrique Dutra de Almeida, Norton Domingues Masera e Paulo José Rodrigues da Silva, ex-assessores do então deputado.
 
“Existe, pois, efetivamente, um grupo de assessores e ex-assessores de Henrique Eduardo Lyra Alves que lhe prestou ajuda, nos delitos cometidos durante a campanha ao governo do estado do Rio Grande do Norte em 2014 e possivelmente em ocasiões distintas, bem como continua a fornecer-lhe auxílio, em atividades tanto lícitas como ilícitas”, diz o MPF na denúncia.
 
O Ministério Público Federal pede, além da condenação dos acusados, a devolução de R$ 4,2 milhões para reparação aos cofres públicos e que eles fiquem impedidos de exercer cargos público por, pelo menos, o dobro do tempo de prisão. A denúncia é resultado da Operação Manus, desencadeada em julho, como desdobramento da Operação Lava Jato, e que prendeu Henrique Alves.
 
Até o momento, a reportagem não conseguiu fazer contato com a defesa dos acusados.
 
Da Agência Brasil