14 de outubro de 2015 às 09:15h

Alepe mantém mistério sobre número total de terceirizados demitidos

 
Do Jornal do Commercio
 
Dois anos depois de abrir dados e revelar informações sobre o quadro de pessoal da Casa – número de comissionados, efetivos e prestadores de serviço e o montante gasto com os salários, benefícios e auxílios – e após colocar no ar, em junho deste ano, o seu Portal da Transparência, embora com atraso de três anos em relação aos dos governos federal e estadual, TJPE, TCE e MPPE, a Assembleia Legislativa de Pernambuco dá um passo atrás no processo de transparência interna e abertura ao público.
 
Para reduzir despesas com pessoal, depois de exonerar 98 comissionados, há três semanas a 1ª secretaria da Mesa Diretora realiza corte de terceirizados, porém, pela segunda vez, o primeiro secretário da Casa, deputado Diogo Moraes (PSB), desistiu de anunciar o total de de demitidos, divulgação que havia marcado para esta terça-feira (13). No começo do processo de desligamento, em 30 de setembro, a projeção era de um enxugamento de 80 a 150 terceirizados.
 
Nos bastidores, a informação é de que os terceirizados da Alepe tinham ultrapassado 800 depois de ter ocorrido o corte de 2013, mas os deputados dizem não saber o número exato de demissões agora. Nos corredores, a versão de servidores é que a preocupação com o tamanho do corte se deve à existência de terceirizados que “são contratados por indicação política”, não se restringindo a apenas mão de obra para a vigilância e serviços gerais da Casa.
 
Ao final de uma reunião de mais de uma hora com o presidente da Alepe, Guilherme Uchoa (PDT), o 1º secretário Diogo Moraes despistou a imprensa saindo pelo elevador exclusivo do deputados sem divulgar o total de terceirizados agastados. “Ele (Moraes) não me disse ainda o número de demitidos. É com a 1ª secretaria. Sei que (já) saiu muita gente”, respondeu Uchoa ao sair da reunião. Como 1º secretário da Mesa, cargo responsável pela tesouraria, cabe ao deputado Diogo Moraes definir quais e quantos são os cortados. “Diogo me disse que não fechou ainda ( o total)”, confidenciou um membro da Mesa.
 


Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.