2 de fevereiro de 2015 às 09:57h

Alepe reelege Uchôa para Mesa Diretora, Governo é derrotado

 
Apesar das críticas e tentativas de afastar Guilherme Uchôa (PDT) da presidência da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o governo Paulo Câmara não foi bem sucedido na eleição da mesa diretora da Casa de Leis do Estado.
 
Uchôa foi reeleito com 38 votos – Rodrigo Novaes teve cinco votos, Edilson Silva, um voto. Brancos somaram cinco votos – permitindo ainda uma derrota para o indicado do governo para a primeira secretaria, cujo indicado foi Lula Cabral que, com 15 votos, perdeu a eleição para o socialista e insurgente Diogo Moraes, que conseguiu o apoio de 32 colegas.
 
Também acompanham Uchôa neste mandato:
 
1º vice-presidente – Augusto César (PTB), eleito com 47 votos;
2º vice-presidente – Cleiton Collins (PP), eleito com 44 votos;
2º secretário – Vinicius Labanca (PSB), eleito com 45 votos;
3º secretário – Romário Dias (PTB), eleito com 44 votos;
4º secretário – Eriberto Meideiros (PTC), eleito com 46 votos.
 
A mesa conta com André Ferreira (PMDB), Rogério Leão (PR), Beto Accioly (SD) e Presbítero Adalto (PSB) – 47 votos, 44 votos, 44 votos e 46 votos respectivamente – como suplentes.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.