3 de janeiro de 2014 às 06:45h

Antes de sair, Eduardo Campos anuncia aumento de 8,32% para os professores do Estado

edu(1)
 
Os professores da rede estadual de ensino terão reajuste de 8,32% em 2014, conforme anunciou nesta quinta-feira (2) o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). Os docentes com formação em magistério terão aumento de R$ 130,43 no salário, que passará de R$ 1.567,66 para 1.698,09. Já o pagamento dos docentes com licenciatura plena terá adição de R$ 136,95, passando de 1.646,04 para 1.782,99. Com o acréscimo, haverá impacto de R$ 144 milhões nos cofres públicos.
 
A mudança passa a valer a partir deste mês. Segundo o governador, o aumento obedece às determinações do Ministério da Educação (MEC) e às negociações com o sindicato da categoria.
 
Questionado sobre a possibilidade de conceder um aumento maior aos docentes, Campos rebateu afirmando que “até hoje só cinco Estados da federação cumpriram a determinação do MEC e Pernambuco foi um deles”.
 
“Vamos cumprir exatamente o que o Ministério determinou, aplicando a fórmula que está na lei. Nós tivemos uma inflação na casa dos 6%, foi um ano muito duro. Poucos Estados da federação vão conseguir dar este aumento de 8% durante o ano de 2014. Algo acima disso é impossível na conta de todos os Estados. Gostaria muito de dar um aumento de 15 ou 20%, mas essa não é a realidade”, explicou o governador.
 
No início do governo socialista, em 2007, a gratificação dos professores era R$ 540,80 (magistério) e R$ 739, 20 (licenciatura plena).
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.