26 de novembro de 2015 às 18:03h

Após eleição conturbada, OAB Caruaru está sem presidente

A eleição para definir a nova mesa diretora da Ordem dos Advogados do Brasil, subseccional Caruaru ainda não definiu quem comandará a entidade nos próximos anos. É que uma urna onde os advogados votaram através de cédulas de papel foi impugnada por conter 14 votos amais que os registrados. Dando a vitória para o candidato da oposição, Felipe Sampaio.
 
Agora, a Justiça Federal foi favorável ai pedido de liminar da chapa de situação, “Trabalho e Compromisso”, encabeçada pelo advogado Almério Abílio, atual presidente e candidato a reeleição, Almério. Até que o mérito seja devidamente julgado, Sampaio não poderá assumir a OAB Caruaru. Em nota, a chapa “Agora é Renovar”, afirma que os concorrentes não estão respeitando o pleito. Confira:
 
NOTA AOS ADVOGADOS DE CARUARU E REGIÃO.
 
A chapa “Agora é Renovar” mantendo sua linha de transparência e comprometida com a verdade dos fatos, vem expor o seguinte:
 
1. A chapa de situação, insatisfeita com a proclamação do resultado da eleição, ajuizou ação cautelar contra a OAB-PE:
 
2. A Justiça Federal, sem analisar ainda o mérito, concedeu liminar suspendo os efeitos da proclamação do resultado pela comissão eleitoral da OAB-PE, deixando, provisoriamente, o referido pleito sem vencedor;
 
3.Nossa chapa, na condição de litisconsorte, de posse de robusta e inequívoca prova das irregularidades cometidas na votação da urna de cédulas de papel, nos próximos dias impetrará os recursos competentes para referendar o resultado das urnas válidas, que nos deu a vitória;
 
4.A OAB-PE, ré na mencionada ação, também envidará todos os esforços no sentido de fazer valer a decisão de sua comissão eleitoral, também apresentando os recursos que couberem;
 
5. Por fim, lamentamos que tal episódio, por decisão da chapa de situação, tenha chegado às barras dos Tribunais, quando caberia recursos aos conselhos estadual e federal na nossa Ordem, o que evitaria tamanho e desnecessário desgaste à nossa classe. Aguardamos absolutamente confiantes a confirmação daquilo que já foi referendado pelas urnas e pela OAB-PE, ou seja, nossa vitória.
 
Chapa Agora é Renovar.

 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.