28 de fevereiro de 2014 às 17:07h

Após entrevista de Milton Manuel ao programa Além da Notícia, na Rádio Jornal, Associação das empresas de ônibus emite nota de repúdio

A AETPC emitiu nota de repúdio às declarações feitas pelo presidente do Sindecc, Milton Manuel, nesta sexta-feira (28), durante o programa Além da Notícia, com Igor Maciel. Na ocasião, Milton criticava o processo de decisão que levou ao reajuste de R$ 0,30 nas passagens de ônibus em Caruaru. Veja a nota:
 
NOTA DE REPÚDIO
 
A Associação das Empresas de Transportes de Passageiros de Caruaru – AETPC – vem a público repudiar as declarações desrespeitosas do presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio de Caruaru, senhor Milton Manoel. São falsas as acusações de que houve “conluio” ou “tramoia” entre o poder público e os demais membros do Comut.
 
As decisões de aprovar o regimento interno, eleger o novo presidente do Comut e ratificar o reajuste da tarifa para R$ 2,10, aprovada no próprio Comut em 2013, são frutos de um amplo debate democrático, que houve após a composição da nova formação do Conselho, eleito na Conferência dos Transportes, realizada no ano passado, da qual o próprio Sindecc faz parte.
 
Após quatro meses no início de 2013, a planilha com os insumos foi amplamente debatida com os membros do Comut, contando com a apreciação do próprio Sindecc, representado pelo senhor Milton Manoel. Ele ainda fez propostas em emissoras de rádios locais defendendo um reajuste para a tarifa, mas depois recuou, investindo em várias manobras para travar o andamento das reuniões do Comut, pedindo, inclusive a exclusão do Sindicato junto ao Comut. Tudo com o intuito de atrapalhar o andamento do debate sobre a situação do transporte em Caruaru.

 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.