15 de maio de 2014 às 10:00h

Armando defende pauta do setor gesseiro de Pernambuco

armando
 
O senador Armando Monteiro (PTB), o deputado federal Jorge Côrte Real (PTB), e o presidente do Sindicato da Indústria do Gesso do Estado de Pernambuco (Sindugesso), Josias Inojosa Filho, foram recebidos nesta quarta-feira (14) pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges Lemos.
 
Segundo Armando, a reunião serviu para expor ao ministro as dificuldades do setor gesseiro por causa da crescente importação de produtos na área de gesso que se valem do frete marítimo, que é mais barato para entrar no mercado nacional.
 
Conforme Armando, o gesso do Araripe tem a desvantagem dos custos do transporte, por isso ele entende ser necessário pensar numa medida de política industrial que é a elevação de uma tarifa de importação, hoje muito baixa, e que precisa ser elevada de modo a assegurar a sobrevivência do setor gerador de emprego e renda à população.
 
“O setor gesseiro é o mais importante arranjo produtivo do semiárido nordestino. Portanto, precisamos apoiar esse setor que gera tantos empregos em Pernambuco”, disse Armando, que considerou a reunião muito positiva.
 
Pernambuco tem 97% das reservas de gipsita do Brasil. São quase 700 empresas entre minas, calcinadoras e fabricantes de artefatos de gesso. De acordo com Armando, o ministro deu a indicação de que, por meio da Camex (Câmera de Comércio Exterior), vai estudar esta medida.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.