16 de janeiro de 2014 às 08:03h

Artesãs debatem participação política das mulheres no Alto do Moura

artesas
 
Artesãs debateram a participação das mulheres no processo de decisões políticas e transformações sociais no Alto do Moura, durante encontro articulado pelas Secretarias Especial da Mulher e Participação Social, na Associação dos Artesãos em Barros e Moradores. Foi o terceiro evento de um cronograma de ações de formação dessas mulheres, que devem participar da gestão da Casa da Mulher Artesã, através de um Comitê ou Conselho Gestor.
 
Especificamente, o tema discutido foi “Empoderamento e Participação das Mulheres”, algo que para a realidade de dona Maria de Lourdes, artesã há 55 anos, significa dar a oportunidade para que as moradoras do bairro tenham vez e voz em suas demandas sociais. “Eu tenho participado de todos os encontros, mas esse foi ainda melhor, porque nos explicaram sobre como a Casa da Mulher Artesã pode representar uma forma de melhorar nossa qualidade de vida e de trabalho. Nós esperamos que tenhamos apoio para nossa profissão e que possamos unir as mulheres artesãs para mostrar as necessidades da comunidade feminina no Alto do Moura”, explicou.
 
Para a assessora de fortalecimento sociopolítico Katherine Lages, integrante da Secretaria Especial da Mulher, as mulheres precisam se identificar como agentes políticas na comunidade. “Esse encontro sobre empoderamento serviu para a realidade das artesãs, porque elas precisam tomar consciência da importância que exercem na economia e para o desenvolvimento social do Alto do Moura. Elas têm a oportunidade de se agrupar para conseguirem mais conquistas nessa comunidade”, avaliou.
 
A ideia que está sendo construída é que seja elaborada uma gestão compartilhada da Casa, em conjunto com a Secretaria Especial da Mulher e suporte da Secretaria de Participação Social, através da assessoria especial intersetorial.
 
CASA DA MULHER ARTESÃ
 
A instalação da unidade, que está em andamento, faz parte do projeto Revitalino, que tem por objetivo melhorar a qualidade da vida dos moradores do Alto do Moura, fomentar o turismo local e torná-lo sustentável.
 
ASSOCIAÇÃO
 
A Associação dos Artesãos em Barro e Moradores do Alto do Moura é uma instituição sem fins lucrativos, que está aberta para projetos voluntários que beneficiem a comunidade, assim como os artesãos.
 
Além desse encontro, outras reuniões estão agendadas com as artesãs até maio, quando haverá uma avaliação do processo.
 
CRONOGRAMA DE FORMAÇÃO COM MULHERES ARTESÃS DO ALTO DO MOURA
 
11 de fevereiro – “Política Pública para as Mulheres”
 
11 de março – “Gestão e Administração”
 
8 de abril – “Construindo Nosso Modelo de Gestão”
 
13 de maio – “Avaliação dos Encontros”
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.