22 de outubro de 2015 às 12:18h

Assembleia Legislativa do Estado reduz número de comissionados e ajusta número de terceirizados

Relator do orçamento da Alepe, Romário Dias (PTB)

Relator do orçamento da Alepe, Romário Dias (PTB)


 
Em virtude da atual situação econômica a Assembleia Legislativa de Pernambuco a reorganizar o quaro de pessoal da Casa. Procurada pela reportagem, a primeira secretaria da Casa informou que, em setembro este ano, o Legislativo estadual reduziu o número de comissionados e está realizando ajustes no número de terceirizados. O resultado foi uma redução de 104 funcionários terceirizados, o que proporcionou uma economia de aproximadamente R$ 379 mil no último mês.
 
A mudança tem o objetivo de se adaptar a queda de receitas do Governo do Estado. O relator do orçamento da Alepe, Romário Dias (PTB), relata que o presidente da Casa, Guilherme Uchoa (PDT), informou que a queda no repasse ultrapasse o montante de R$ 20 milhões no ano que vem.
 
O corte foi feito após análises técnicas dos trabalhos da Assembleia Legislativa e a prioridade foi que os serviços prestados pelo Legislativo não sejam prejudicados. As demissões atingiram funcionários com mais de duas décadas de Casa e ligados a ex-deputados o que provocou insatisfação. A primeira etapa do corte contou com a demissão de 98 comissionados dos gabinetes dos legisladores resultando uma economia da R$ 1,7 milhão.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.