25 de setembro de 2013 às 16:33h

Augusto Coutinho confirma saída do DEM

Veja a nota:
 
“Ao longo de 21 anos vida política, sempre pertenci a um só partido. Entrei no PFL, que posteriormente passou a se chamar Democratas, e nele me mantive até hoje. Nunca fui
tentado por qualquer tipo de oportunismo, mesmo quando, por duas eleições consecutivas, fui eleito como representante da oposição.
 
Também fui sempre um defensor da fidelidade partidária, tendo apoiado todas as iniciativas no sentido de fortalecê-la. Hoje, porém, pelos motivos que aqui vão explicitados, comunico a minha desfiliação do Democratas e minha entrada no recém-criado Solidariedade, partido que passarei a presidir em Pernambuco.
 
Os motivos que me levaram a esta decisão não passam por qualquer tipo de problema quanto ao Democratas. Muito pelo contrário, saio do partido de forma amigável, mantendo com todos os seus quadros, em especial com o seu presidente estadual Mendonça Filho, meu amigo pessoal e cunhado, a melhor das relações.
 
O que me leva ao Solidariedade é a ideia de um projeto novo que se descortina na política brasileira e que, a meu ver, se coaduna um pouco mais com aquilo que penso, luto e tenho por bandeiras. O Solidariedade nasce pautado na união entre um sindicalismo de resultados, não radical nem ortodoxo, unido a uma mentalidade voltada para o crescimento econômico, desenvolvimento e o setor produtivo.
 
Embora aberto ao diálogo com a maior parte dos atuais atores políticos nacionais e locais, permaneço como um quadro de oposição, condição em que fui colocado pela população”.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.