17 de dezembro de 2013 às 07:35h

Candidato do PSTU à presidência é um Lula/Dirceu que não deu “certo”

xe
 
Pela quinta vez, o PSTU lança Zé Maria candidato à Presidência da República. Como todos sabem, ele perdeu nas outras tentativas.
 
É lógico que ele vai perder novamente e o partido sabe disso.
 
Zé Maria fundou o PT junto com Dirceu e Lula. Foi preso na ditadura no mesmo grupo em que estava o ex-presidente.
 
Em 1992 foi expulso do PT, acredite, por ter defendido o “Fora Collor”.
 
Na última eleição, com o já folclórico lema “contra burguês vote 16”, conseguiu 400 mil votos. Dilma se elegeu com mais de 55 milhões de votos.
 
O PSTU é o que o PT desistiu de ser. Zé Maria é o que Lula e Dirceu desistiram de ser.
 
Desistiram, primeiro, porque o discurso maniqueísta sobre burguesia e operários é o mesmo do século XVIII. Além de sempre ter sido bobo.
 
Segundo porque isso não ganha eleição e a prova está no Zé Maria.
 
O risco de sucesso é tão remoto no perfil do Zé Maria que, Dirceu, Lula e o PT devem ter asco sempre que o programa do PSTU entra no ar. É como lembrar a um novo rico que ele tem um irmão na miséria, na pobreza, na ignorância.
 
Um passado do qual se fez parte e que se quer esquecer e fugir.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.