10 de novembro de 2014 às 16:33h

“Canibais de Garanhuns” serão julgados esta semana

O julgamento de Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, Isabel Cristina Torreão Pires e Bruna Cristina Oliveira da Silva, acusados de homicídio quadruplamente qualificado, vilipêndio e ocultação de cadáver de Jéssica Camila da Silva Pereira, acontece nesta quinta-feira (13). O júri popular começa às 9h, no Salão do Júri do Fórum de Olinda, na Avenida Pan Nordestina, s/n, Vila Popular. A juíza titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Olinda, Maria Segunda Gomes de Lima, presidirá a sessão.
 
De acordo com a denúncia do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), a vítima, de 17 anos, foi assassinada pelos acusados em maio de 2008, no Loteamento Boa Fé-I, bairro de Rio Doce. Atualmente presos, os réus são acusados de ter guardado a carne da jovem para consumo humano, além de ter ocultado os restos mortais.
 
Após o crime, Bruna Cristina, uma das acusadas, assumiu a identidade de Jéssica Camila e o trio passou a criar a filha da vítima. Os três estão sendo acusados por homicídio quadruplamente qualificado (por motivo fútil, com emprego de meio cruel, sem dar chance de defesa à vítima e para assegurar impunidade, ocultação e outros crimes).
 
Primeiramente, haverá o sorteio dos jurados que vão compor o Conselho de Sentença. Em seguida, haverá a leitura da denúncia. Logo depois, as duas testemunhas serão ouvidas. O próximo passo será a ouvida dos réus. Terminada a fase de ouvidas, têm início os debates, que podem durar até nove horas.
 
Ao fim dessa etapa, os jurados recolhem-se, em sala reservada, para responder aos questionamentos que definirão se os réus serão condenados ou absolvidos. Por último, a magistrada retorna ao salão do júri para prolatar a sentença.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.