11 de setembro de 2014 às 07:39h

Caravana confere ações em andamento do Orçamento Participativo em Caruaru

AVENIDACARUARU
 
O encontro para Caravana do Orçamento Participativo começou cedo nessa quarta-feira (10), tendo como ponto de partida a Casa da Participação, sede da Secretaria de Participação Social. Uma comitiva formada pelos conselheiros do OP e representantes da prefeitura visitou uma série de locais onde estão sendo realizadas ou já foram concluídas ações aprovadas pela população no ciclo 2013/2014 do programa.
 
“Como conselheiros do OP, vamos ser os olhos dos nossos amigos e vizinhos que também desejam estar próximos dessa realidade e das obras que estão saindo ou já saíram do papel”, comentou Edna Marta, conselheira do Orçamento Participativo.
 
Para o prefeito José Queiroz, presente no início do evento, ter a população acompanhando as ações em execução no município é uma prova da interação com a comunidade. “Essa administração tem muitos olhos, vocês olham junto conosco e nos ajudam a fiscalizar”, destacou Queiroz.
 
A primeira parada foi na Unidade de Saúde do Sítio Cipó, já entregue à população, com a presença da secretária de Saúde, Aparecida Sousa. Depois, os conselheiros seguiram até a sede da Compesa, no bairro Salgado, quando os conselheiros tiraram dúvidas sobre proposta de abastecimento do Sítio Alecrim, cujo projeto está aprovado, à espera de recursos para ser executado. “Frisamos que, além de explicar a tramitação dessa proposta, ficamos felizes em receber a população para que todos possam manter o contato conosco e apresentar as demandas da população”, explicou o gerente regional da Compesa, João Rafael.
 
De lá, a caravana se dirigiu ao Assentamento Normandia, onde foram debatidas com representantes do Incra e Secretaria de Desenvolvimento Rural as propostas de pavimentação do acesso à via local, cujo projeto está em análise no governo federal.
 
Os conselheiros visitaram também a Creche da Vila do Rafael, onde há uma proposta de ampliação da unidade e que já conta com a área escolhida para a revitalização. A comitiva seguiu então para o bairro Maria Auxiliadora, para verificar o andamento da pavimentação do prolongamento da Avenida Caruaru, num percurso de 1 km, orçada em R$ 1.887.017,51.
 
Ao fim da tarde, já no bairro Luiz Gonzaga, no Parque Baraúnas, os conselheiros debateram a proposta de revitalização das áreas verdes da comunidade e aproveitaram para ampliar o debate, apresentando à secretaria executiva do Conselho de Meio Ambiente, Clécia Sousa, uma proposta que contemple as áreas verdes de todo o município. “Os conselheiros demonstram que também estão preocupados com a preservação do meio ambiente em cada comunidade, e estão debatendo isso junto com o governo municipal”, explicou Clécia.
 
Para o secretário de Participação Social, Leonardo Bulhões, essa iniciativa significa fortalecer ainda mais a relação entre governo e sociedade. “Mais do que informar o início de uma obra, precisamos garantir diálogos e transparência entre nós e a população. Esclarecemos sobre os procedimentos, eles ouviram os técnicos e gestores e receberam documentos, mapas e orientações por nossa parte. Isso certamente elevará o nível de consciência dos conselheiros e das conselheiras e ajudará nas relações entre governo municipal e sociedade civil, que pensam junto conosco como melhorar o município’’, avaliou.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.