12 de novembro de 2014 às 14:00h

CDL: Natal deve aquecer economia em até 4%

cdl2-660x375-2
 
Faltando pouco mais de um mês para o Natal, o comércio varejista já começa a criar expectativas para a data mais importante do ano para o setor. De acordo com o gerente operacional da CDL Caruaru, Zezinho Borba, a projeção para o comércio no período natalino é de um aquecimento em torno de 4%, comparado com o mesmo período do ano passado. “O mês de dezembro é a principal data para o comércio, pois o volume de vendas é bem maior que em outras datas comemorativas”, explica.
 
O aumento na movimentação é impulsionado a partir deste mês, quando os trabalhadores começam a receber a primeira parcela do 13º salário, que deve ser paga até o próximo dia 30. Isto impulsiona as vendas e cria boas perspectivas para os lojistas.
 
A gerente de uma loja de confecções, Maria José, ressalta que 2014 foi um ano complicado para o comércio, porém isto não impede que haja uma boa expectativa para o período natalino. “No mês de dezembro há muitas festas de confraternizações, tem o Natal e também o Réveillon. E, a compra de presentes, a vaidade de vestir uma roupa nova para celebrar as festividades
do mês, impulsionam as vendas no comércio”, garante a gerente.
 
Durante o período natalino, os segmentos mais aquecidos são os de confecções, sapatarias, eletrodomésticos, eletrônicos, perfumarias, além de brinquedos.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.