21 de julho de 2014 às 08:32h

Começam hoje as ouvidas no processo da Operação Ponto Final

Têm início nesta segunda-feira (21) as ouvidas do processo que irá determinar se dez vereadores de Caruaru cometeram crime de concussão. De acordo com a acusação, eles teriam se utilizado do cargo para obter vantagem financeira em votações da Câmara Municipal. O crime teria ocorrido em 2013 e a promotora pretende usar o conteúdo de 700 horas de gravação para corroborar a tese.
 
Nos áudios e filmagens, os vereadores aparecem, supostamente, exigindo quantias financeiras para aprovação de projetos e posicionamentos dentro do legislativo.
 
Os depoimentos têm início hoje com a fala do ex-secretário de Relações Institucionais da Prefeitura de Caruaru, Marco Casé. É na sala dele que acontecem os pedidos, de acordo com as gravações apresentadas até agora.
 
Nesta primeira fase do processo deve ser ouvido também, entre outros, o prefeito da cidade, José Queiroz. Em seguida, vem a defesa dos vereadores, que alega ter havido uma armação e também a edição das gravações para prejudicar os clientes.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.