23 de setembro de 2013 às 08:09h

Comut agora terá maioria na sociedade civil. Governo ainda terá 1/3 das cadeiras

20130923-080751.jpg
Durante a I Conferência de Trânsito e Transportes, foi realizada a votação das entidades da sociedade civil que irão compor a nova formação do Conselho Municipal de Transportes (COMUT), estabelecida pelo Decreto, Nº 109 de 13 de setembro de 2013. Os representantes dos taxistas, mototaxistas, dos empresários do transporte coletivo, do transporte escolar e do transporte alternativo, juntamente com seus suplentes, foram eleitos. Também foram escolhidos os representantes dos estudantes, dos trabalhadores, dos trabalhadores do transporte coletivo, da associação de moradores, idosos e pessoas com deficiência. Juntos eles representam 2/3 do COMUT. O outro 1/3 será composto por quatro membros do governo e um do Legislativo.
 
O decreto estabelece que o conselho faça parte da estrutura organizacional da Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes (Destra). O mandato dos eleitos e nomeados é de dois anos, que será renovado na próxima Conferência de Trânsito e Transportes.
 
Os nomes de todos os membros deverão ser divulgados até a primeira quinzena de outubro. Depois, a Destra realizará a convocação para a primeira reunião, onde será dada a posse ao novo conselho e caberá a ele elaborar seu Regimento Interno. Então serão definidas as regras de seu funcionamento, inclusive a eleição da presidência, que poderá ser tanto um membro do poder público como da sociedade civil.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.