13 de setembro de 2013 às 15:30h

Construção de estações fluviais para projeto de navegabilidade do Capibaribe são autorizadas

projeto de navegabilidade do rio Capibaribe para Recife

projeto de navegabilidade do rio Capibaribe para Recife

 

Nesta sexta-feira (13), o governador Eduardo Campos assinou a ordem de serviço para a construção das estações de embarque e desembarque de passageiros, dentro do Programa Rios da Gente, que utilizará o rio Capibaribe como corredor fluvial. Essa etapa receberá investimentos de R$ 94,5 milhões.

 

 

O governador recebeu jornalistas para percorrer parte do trajeto a bordo de um catamarã. A embarcação saiu das mediações do parque da Jaqueira, e navegou por 5,5 quilômetros até as margens da BR-101, onde aconteceu a solenidade oficial de assinatura da OS.

 

 

O horário de funcionamento e o preço da passagem ainda estão sob estudos. Inicialmente, serão 13 barcos de transporte, com capacidade para 89 pessoas cada, com estimativa de transportar 300 mil passageiros por mês. A rota Oeste deve ser percorrida em cerca de 40 minutos, com intervalos de saída de 10 minutos entre um barco e outro.

 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.