9 de dezembro de 2013 às 06:51h

Consumidor deve gastar mais com presentes e alimentação neste fim de ano

Mercado aquecido

Mercado aquecido

O cenário está positivo para o comércio varejista. Segundo Roque Pellizzaro Jr., presidente da CNDL — Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, o consumidor brasileiro este ano deve gastar mais com presentes e alimentação. “A intenção de gasto médio por compra também aumentou: passou de R$ 86,59 em 2012, para R$ 111,39 em 2013”, explica. Para o presidente, os segmentos que ganham mais destaque são os de vestuário e calçados. Já o varejo alimentar, deve receber uma demanda muito grande de itens que fazem parte do cardápio de festas familiares e corporativas, como, panetones, carnes, peixes, nozes e bebidas.
 
Segundo levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e CNDL, um dos motivos para o crescimento, é a melhora da situação financeira dos brasileiros. Na avaliação, 57% dos entrevistados afirmaram que a renda pessoal aumentou de 2012 pra cá. Já as formas de pagamento mais utilizadas, segundo os entrevistados, serão o dinheiro (57%), cartão de crédito parcelado (16%), cartão de débito (12%) e cartão de crédito à vista (9%). Os locais preferidos para as compras devem ser os shoppings (44%), seguidos pelo comércio de rua (26%), lojas de departamento (11%) e lojas online (9%).
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.