13 de janeiro de 2014 às 08:14h

Declarações homofóbicas de um professor universitário causam revolta em Pernambuco

A Articulação Brasileira de Gays enviou nota à imprensa, durante o fim de semana, em repúdio à atitude de um professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Através de uma rede social, o docente teria feito comentários preconceituosos contra os gays, chegando, inclusive, a compará-los com “galinhas chocas”.
 
O professor compara, ainda, os gays a traficantes e políticos corruptos. Para completar, diz que quem defende os gays é porque está no “armário” e não tem coragem de assumir.
 
Veja abaixo as declarações, retiradas da rede social e logo depois, a nota de repúdio da Articulação Gay:
 
agressao111
 
gggg
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.