19 de dezembro de 2013 às 18:50h

Depois de nota entregando cargo, Eduardo Campos exonera Wilson Damázio da pasta de Defesa Social

O governador Eduardo Campos exonerou o secretário Wilson Damázio da pasta de Defesa Social, após a entrevista em que ele fez declarações polêmicas sobre homossexualismo, prostituição e a atividade policial. A reportagem foi veiculada no Jornal do Commercio desta quinta-feira (19).
 
Confira a nota do Governo de Pernambuco:
 
NOTA À IMPRENSA
 
O governador Eduardo Campos aceitou o pedido de exoneração do secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, apresentado depois que declarações a ele atribuídas em reportagem do Jornal do Commercio motivaram críticas e cobranças. Ele se reuniu nesta quinta-feira (19/12) com o secretário, agradeceu pelos bons serviços prestados e designou o delegado federal Alessandro Carvalho para responder pela pasta. Eduardo enfatizou que o Pacto pela Vida seguirá seu desenvolvimento pautado em valores, “como politica de estado que é, acima de pessoas e acima de governos”.

 
Veja a entrevista que originou a demissão clicando aqui.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.