14 de novembro de 2013 às 06:23h

Júlio Lóssio é afastado da prefeitura de Petrolina

1080256_10201578833888295_399598077_n
 
Em decisão monocrática, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), desembargador José Fernandes de Lemos, determinou nesta terça-feira (12) o afastamento imediato do prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), da cargo e mandou empossar o segundo colocado nas eleições, o deputado federal Fernando Filho (PSB).
 
A decisão foi comunicada nesta quarta (13) ao Juiz da 83ª Zona Eleitoral de Petrolina, que deve repassar ao presidente da Câmara de Vereadores, Osório Siqueira (PSB). O socialista assumirá a Prefeitura até a convocação de Fernando Filho, que, para ser diplomado, precisa renunciar ao cargo de deputado.
 
O parlamentar já afirmou que pretende deixar o mandato, mas apenas depois de o peemedebista recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
 
O vice-prefeito, Guilherme Coelho, que também foi afastado, disse ao Blog que já foi avisado da decisão pelos advogados e que respeita, mas vai recorrer tanto do afastamento quanto da cassação. “A decisão não é definitiva”, destacou.
 
Além da cassação, o TRE-PE deliberou pela punição de oito anos sem direito de disputar eleição e multa no valor de R$ 10 mil. Lossio foi reeleito com 18.294 mil votos de diferença.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.