4 de junho de 2014 às 09:31h

Depois de ter os trabalhos suspensos, Comissão de Ética diz que vai recorrer

NOTA À IMPRENSA
 
A Comissão de Ética da Câmara Municipal de Caruaru informa que encaminhou pedido à Procuradoria da Casa Legislativa para que entre com agravo de instrumento no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), contra a decisão da 1ª Vara da Fazenda Pública de Caruaru, que suspendeu o andamento do primeiro processo disciplinar instaurado para apurar quebra de decoro parlamentar.
 
Dessa forma, a Comissão vai aguardar o pronunciamento do Tribunal de Justiça para que possa tomar a mesma medida em relação aos outros nove processos, também suspensos por decisão liminar da 1ª Vara da Fazenda.
 
A Comissão informa, ainda, que continua prestando todas as informações solicitadas pela Justiça local sobre os procedimentos que adotou na condução dos dez processos disciplinares, reiterando, sempre, que o trabalho desenvolvido seguiu disposições da Constituição Federal, do Código de Ética e do Regimento Interno da Câmara de Vereadores de Caruaru.
 
A COMISSÃO DE ÉTICA
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.