6 de dezembro de 2013 às 06:00h

Dirceu desiste de emprego e diz que hotel onde iria trabalhar sofreu linchamento

Dirceu
 
O ex-ministro José Dirceu desistiu de trabalhar no hotel Saint Peter, do empresário Paulo Abreu, de Brasília.
 
De acordo com seu advogado, José Luis Oliveira Lima, a decisão foi tomada devido ao “linchamento midiático instalado” contra o petista e “a empresa que lhe ofereceu trabalho”.
 
“Trata-se de decisão tomada com o objetivo de diminuir o sofrimento dos empresários que lhe fizeram a oferta e das centenas de funcionários que trabalham no grupo”, afirma Oliveira Lima em nota.
 
O ex-ministro pediu autorização para trabalhar no hotel durante o cumprimento da sua pena no regime semiaberto, em que é possível obter permissão para trabalhar fora da prisão durante o dia. Dirceu havia conseguido um emprego como gerente do hotel, com remuneração de R$ 20 mil. Esta semana, porém, o “Jornal Nacional” noticiou que a empresa que administra o Saint Peter tem sede em um paraíso fiscal e está registrada no nome de um laranja.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.