1 de setembro de 2015 às 11:48h

Disque-Denúncia inicia campanha de combate à violência contra criança

O Disque-Denúncia Pernambuco está oferecendo até R$ 1.000 para quem denunciar casos de abuso sexual, prostituição infantil e pedofilia. Com o tema “Criança tem direitos. Respeite, denuncie,” a entidade lança campanha em parceria com a Secretaria de Defesa Social e a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude. Cartazes serão distribuídos em delegacias e estabelecimentos em todo Estado.
 
Nos últimos três anos, o Disque-Denúncia Pernambuco recebeu mais de 8.5 mil informações sobre crimes contra crianças e adolescentes. As denúncias vão desde violência até prostituição infantil. “Quando a gente fala em criança é preciso ter em mente que o cuidado tem que ser dobrado. Elas não conseguem se defender sozinhas. Por isso, é necessário que a população participe, olhe atentamente para as crianças, veja os sinais que elas dão e que tome cuidados com a exposição na internet”, explica o coordenador do Disque-Denúncia Agreste, Alexandre César.
 
Quem tiver informações sobre casos pode telefonar para (81) 3719-4545, no interior do Estado ou 3421-9595, na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata Norte . Também é possível repassar informações através do site da central www.disquedenunciape.com.br, que permite o envio de fotos e vídeos. O serviço funciona durante 24h, todos os dias da semana. O anonimato é garantido.
 
Número de denúncias nos últimos três anos:
 
Pedofilia:
 
2013 – 17
2014 – 46
2015 – 29
 
Últimos 3 anos: 92
 
Abuso Sexual:
 
2013 – 749
2014 – 674
2015 – 458
 
Últimos 3 anos: 1.881
 
Prostituição:
 
2013 – 448
2014 – 433
2015 – 227
 
Últimos 3 anos: 1.108
 
Violência:
 
2013 – 2.490
2014 – 2.146
2015 – 837
 
Últimos 3 anos: 5.463
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.