4 de setembro de 2015 às 14:01h

Disque-Denúncia realiza campanha “Criança tem direitos. Respeite, denuncie”

 
O Disque-Denúncia Pernambuco está oferecendo até R$1 mil para quem denunciar casos de abuso sexual, prostituição infantil e pedofilia. A Ação faz parte da campanha “Criança tem direitos. Respeite, denuncie” e precisa da ajuda da população para coibir esse tipo de violência.
 
Nos últimos três anos, o Disque-Denúncia Pernambuco recebeu mais de 8.5 mil informações sobre crimes contra crianças e adolescentes. As denúncias vão desde violência até prostituição infantil. Em Caruaru, no Agreste do Estado, foram registradas 552 denúncias, enquanto em 2015, até agosto, foram registradas 256 denúncias. Especificamente sobre prostituição e exploração infantil foram 36 denúncias de Caruaru, em 2014. Já em 2015 foram realizadas 14 denúncias.
 
“Os dados mostram uma queda nas denúncias, mas não significa que os casos acabaram. Muitas vezes é que a população deixou de denunciar. Por isso estamos sempre reforçando a necessidade de prestar atenção nas crianças e denunciar os casos, para que a violência infantil seja realmente coibida”, alertou o coordenador do Disque-Denúncia Agreste, Alexandre César.
 
Quem tiver informações sobre casos pode telefonar para (81) 3719-4545, no interior do Estado ou 3421-9595, na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata Norte. Também é possível repassar informações através do site da central, que permite o envio de fotos e vídeos. O serviço funciona durante 24h, todos os dias da semana. O anonimato é garantido.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.