2 de janeiro de 2014 às 07:26h

Eduardo começa a passar o cargo de governador para João Lyra. Caruaruense assume em 4 de abril

eduardo-JoaoLyra-HS
 
Do DP
 
A transição entre os dois governos (Eduardo Campos e João Lyra) já está sendo encaminhada. As novas peças do secretariado, que serão anunciadas hoje, vão ter o dedo do vice-governador.
 
“João Lyra sempre contribuiu. Toda montagem de equipe, desde o primeiro governo, nós fizemos conversando muito. João, desde a transição depois da eleição de 2006, comandou a transição, montamos juntos as primeiras equipes. Temos uma relação de confiança mútua. Muitas coisas eu deleguei para ele fazer e agora não seria diferente”, disse EduardoCampos, na última terça-feira, após uma missa no bairro de Casa Forte.
 
Tucanos no secretariado
 
Entre as novidades da reforma do secretariado está a acomodação do novo aliado na Frente Popular: o PSDB, que até então ocupava as fileiras da oposição na Assembleia Legislativa e na Câmara do Recife. Os tucanos devem preencher os espaços deixados pelo PT e PTB. Ambos deixaram o governo e pretendem trilhar um caminho independente em 2014, com a candidatura do senador trabalhista Armando Monteiro Neto.
 
“Vamos anunciar as mudanças que decorrem da reforma administrativa e da Assembleia Legislativa, onde quatro deputados estaduais compõem o nosso governo. Nós já fechamos os nomes e vamos anunciar quinta-feira”, declarou Eduardo.
 
Saiba mais
 
Deixam os cargos
 
Isaltino Nascimento (PSB)
Secretaria de Transportes
 
Laura Gomes (PSB)
Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos
 
Aluísio Lessa (PSB)
Secretaria de Articulação Social e Regional, que será fundida à Secretaria de Governo
 
Alberto Feitosa (PR)
Secretaria de Turismo
 
Eles são deputados licenciados voltam a ocupar suas cadeiras na Assembleia Legislativa
 
Deixam a Assembleia para o retorno dos secretários de Governo à Casa: José Humberto (PTB), Isabel Cristina (PT), Pastor Odéssio (PRB) e Sebastião Rufino (PSB). Estes dois últimos têm chance de ser reaproveitados no governo
 
Apostas
João Bosco
Nome de confiança do governador que pode assumir a nova Secretaria de Infraestrutura, resultado da fusão das pastas de Recursos Hídricos e Transportes
 
Murilo Guerra
Secretaria de Trabalho e Emprego, pasta que era comandada pelo PTB até o partido romper a aliança com o PSB
 
O PSDB também pode indicar o ex-presidente estadual do partido Evandro Avelar e o secretário de Saúde de Camaragibe, Caio Mello, para o governo do estado.
 
A Secretaria de Turismo deve ser comandada por um quadro que já atua na pasta.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.