24 de fevereiro de 2014 às 09:08h

Eduardo e aliados evitam falar com imprensa sobre João Lyra no Baile Municipal

ARB_23022014_00074_Foto_Andrea_Rego_Barros-624x416
 
Do Blog de Jamildo
 
A imprensa de política deu plantão, no Baile Municipal, mas saiu de lá sem lead. O governador Eduardo Campos chegou depois de meia-noite, mas pediu para não falar de política, já que a noite era de festa. A pergunta mais insistente era sobre a ida ou não do vice-governador João Lyra, ao evento de lançamento do nome de Paulo Câmara, nesta segunda-feira, em um hotel do Pina.
 
Junto com Eduardo Campos, a chapa completa – Paulo Câmara, Raul Henry e Fernando Bezerra Coelho – encontraram-se na casa do governador para o 50º Baile Municipal do Recife.
 
“É o time de frente que vai garantir a continuidade do projeto bem sucedido que projetou Pernambuco no cenário nacional”, comentou o deputado Waldemar Borges, do PSB.
 
O vice-governador João Lyra no Baile Municipal do Recife, como esperado, não apareceu no baile, na semana em que foi preterido na disputa pelo comando do Estado. O sumiço amplia a expectativa para esta segunda-feira, quando ocorre a oficialização da candidatura do partido.
 
O secretário da Fazenda, Paulo Câmara, como era esperado, foi muito festejado, nos camarotes, sem deixar de mostrar o lado tímido e reservado.
 
O anúncio oficial ainda nem aconteceu e Câmara já é um dos homens mais procurados do Estado, longe do anonimato de quando comandava as batalhas entre o Estado e os sindicatos de servidores na Secretaria de Administração.
 
A agenda do fim de semana foi a primeira com um compromisso político.
 
Ainda não há previsão para que ele inicie suas incursões pelo interior do Estado. Após o anúncio oficial – marcado para esta segunda-feira (24), às 12h, no Recife Monte Hotel –, uma comissão será formada para gerenciar a agenda de visitas aos municípios pernambucanos.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.