23 de setembro de 2013 às 09:00h

Em Canhotinho, Armando Monteiro critica concentração do desenvolvimento no litoral

armando monteiro neto
Mais de quatro mil pessoas do Agreste de Pernambuco foram ao ginásio da escola municipal de Canhotinho, neste sábado (21) à noite para receber o senador Armando Monteiro, presidente estadual do PTB, que esteve no município exclusivamente para promover a filiação ao partido do ex-prefeito Álvaro Porto, pré-candidato a deputado estadual nas eleições do próximo ano. Álvaro Porto foi duas vezes prefeito de Canhotinho e elegeu o sucessor no ano passado,
 
Assediado por lideranças políticas, militantes e populares interessados em fazer fotos ao seu lado, Armando Monteiro agradeceu a confiança de Álvaro Porto no PTB.
 
“Este encontro nos anima, nos motiva. O PTB agradece a manifestação de confiança com a sua filiação. O nosso PTB fica mais forte a partir de hoje, porque um partido tem que ter a sua expressão regional, um partido não pode ter um caráter estadual se ele não tiver a presença e a força de lideranças de todas as regiões do Estado”.
 
As lideranças do PTB e da região compareceram em peso ao ato. Entre os petebistas, os deputados federais José Chaves, Silvio Costa, Jorge Côrte Real e José Augusto Maia, os deputados estaduais José Humberto Cavalcanti, Júlio Cavalcanti e Silvio Costa Filho; o prefeito de Garanhuns, Izaias Régis; e o ex-prefeito de Arcoverde Zeca Cavalcanti. Estiveram presentes também o prefeito de Canhotinho, Felipe Porto (DEM), que é sobrinho de Álvaro; Renato Sarmento, de Palmeirina; Ginaldi Zumba, de São João; Aguinaldo Inácio, de Jurema; e Vanda Cordeiro, de Angelim, além de vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças políticas de mais de 20 municípios do Agreste.
 
Armando Monteiro falou da possibilidade de vir a disputar o governo de Pernambuco em 2014, mas ressaltou os avanços obtidos até agora pelas duas administrações do governador Eduardo Campos e os desafios que o Estado tem pela frente
 
A interiorização do desenvolvimento
 
“Quero dizer que estaremos juntos para fazer com que o desenvolvimento de Pernambuco seja um desenvolvimento mais equilibrado. Não é razoável que só uma região de Pernambuco cresça mais; não é possível que o pernambucano do interior tenha um terço da renda daquele que vive na Região Metropolitana”.
 
Mais infraestrutura e qualificação
 
“É hora de atuarmos firmemente para que o Estado possa reverter essa tendência de concentrar o desenvolvimento apenas nas regiões litorâneas, é hora de o Estado induzir firmemente esse processo de melhor distribuição do desenvolvimento. E isso se faz de duas formas: reforçando a infraestrutura e investindo nas pessoas, capacitá-las, treiná-las, educá-las para o trabalho. Porque a cidadania só nasce verdadeiramente com o emprego e com a atividade produtiva”.
 
Lula e Eduardo
 
“Tenho muita vontade de servir a Pernambuco para poder realizar as transformações e garantir os avanços que o Estado tanto necessita. Temos que reconhecer que muita coisa foi feita nos últimos anos. Temos que dar um crédito e um reconhecimento ao governador Eduardo Campos. Não podemos esquecer desse grande brasileiro e pernambucano que é o sempre presidente Luiz Inácio Lula da Silva, parceiro de Pernambuco e homem do Agreste, que veio lá de Caetés para poder fazer a sua história, que honra o nosso país”.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.