19 de novembro de 2015 às 08:51h

Em casos graves, zika pode provocar danos ao sistema nervoso central

Aedes Aegypti é o mosquito transmissor do Zika vírus

Aedes Aegypti é o mosquito transmissor do Zika vírus


 
Da Folha de Pernambuco
 
O zika pode provocar, em casos graves, danos ao sistema nervoso central. Isso aconteceria tanto na formação do feto, quanto na alteração das funções neuromotoras do adolescente ou adulto. As duas hipóteses são baseadas em achados médicos que apontam para uma tendência do vírus causar em complicações neurológicas em algumas pessoas. As evidências de microcefalia em fetos de duas gestantes paraibanas indicaram para a presença do vírus no líquido amniótico. Em Pernambuco, uma pesquisa com cerca de 130 pacientes que apresentaram adoecimento neurológico após quadro viral também começou a demonstrar infecção por zika como possível causa.
 
A suspeita de que a doença poderia afetar o sistema nervoso central já havia sido levantada no mês de julho, quando os quadros da Síndrome Guillian-Barré (SGB), agravo autoimune que pode surgir após infecções por vírus ou bactérias, aumentaram em 42% no primeiro semestre do ano na comparação com o mesmo período de 2014. A chefe do departamento de neurologia do Hospital da Restauração (HR), Maria Lúcia Brito, faz parte do grupo de monitora o aumento de doenças neurológicas pós-virose. Segundo ela, da amostra de quase 130 pacientes do HR, cerca de oito já positivaram para o vírus. “O resultado é preliminar e será preciso aguardar o resultado de uma amostra maior. Precisamos esperar o restante. Estamos aguardando o resultado de exames complementares”, disse.
 
O material biológico desses pacientes foi enviado para a Fiocruz. Entre as doenças detectadas e que podem ser relacionadas ao zika estão a Síndrome Guillian-Barré, a neurite ótica, a mielite, a meningite e a meningoencefalite. A informação extraoficial é de o RNA do vírus já foi encontrado nesses pacientes, o que é um forte indicativo de que essas pessoas com quadro neurológico estavam infectadas pelo zika.
 


Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.