10 de setembro de 2014 às 08:30h

Em nota, Paulo Câmara ironiza ‘tentativa malandra de manipular os fatos’ por Armando Monteiro

Paulo-Camara-fala
 
Com a crueldade de não responder a uma única pergunta feita pelo adversário do PTB, o candidato do PSB, Paulo Câmara, de forma olímpica, ignorou o adversário e devolveu as perguntas com ironias e ataques duros. Veja abaixo.
 
“Factóide”
 
A imprensa pernambucana foi surpreendida hoje com uma pantomima da pior qualidade, orquestrada pelo candidato a governador da coligação “Pernambuco vai mais longe”, Armando Monteiro. Pretendendo divulgar “fato relevante” referente à campanha eleitoral em curso, o senador do PTB convocou com grande estardalhaço uma entrevista coletiva, que teve lugar na sede do seu comitê eleitoral. Como diz o ditado popular, “a montanha pariu um rato”.
 
Desesperado com a derrota que já se prenuncia, de acordo com as pesquisas eleitorais, o candidato de Dilma Rousseff fez uma sucessão de denúncias vazias, irresponsáveis, indignas de qualquer credibilidade, expondo à sociedade uma face lamentável, que merece nossa indignação e pronto repúdio.
 
Os fatos citados pelo candidato já tiveram ampla cobertura da imprensa nacional e foram publicamente esclarecidos, na forma da lei, pela direção do Partido Socialista Brasileiro, que acompanha diligentemente todos os aspectos envolvendo não apenas o uso da aeronave, como também as causas do acidente que vitimou tragicamente o nosso saudoso Eduardo Campos.
 
Ao tentar atingir o futuro governador de Pernambuco, Paulo Câmara, com um factóide sem pé nem cabeça, Armando Monteiro mostra de quantas é capaz para enlamear a honra alheia. Se hoje é assim, dá para imaginar o que faria esse senhor se um dia chegasse ao Governo de Pernambuco.
 
O PSB se solidariza com a imprensa pernambucana, diante da tentativa malandra de manipular fatos, e, como sempre, está à disposição dos jornalistas para qualquer esclarecimento.
 
Recife, 09 de setembro de 2014.
PSB-PE
 


Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.