21 de abril de 2014 às 22:24h

Em nota, professores dizem que pressão começa a fazer efeito sobre Prefeitura de Caruaru

Nota à imprensa.

 

ENFIM, A PREFEITURA DE CARUARU ADMITE QUE OS PROFESSORES ESTÂO CERTOS.

 

No dia 11 de abril, foi publicada no diário oficial do município uma Portaria que decreta situação de emergência na cidade de Caruaru. No mesmo momento, o executivo municipal anunciou que irá realizar reformas emergenciais nas unidades escolares. Esse fato retrata a preocupação do prefeito com a situação das escolas? Não! Na verdade, o que, de fato, está ocorrendo é que a pressão exercida pelo movimento dos professores começa a surtir efeito e que, mesmo não admitindo, a prefeitura age no sentido de atender um dos aspectos mais problemáticos das escolas municipais: as condições precárias das estruturas físicas. Para efeitos de comprovação, basta lembrar que, no dia 14 de março desse ano, o Comando de Greve realizou uma entrevista coletiva, onde demonstramos através de relatório contendo uma infinidade de dados, bem como várias imagens, a real situação das escolas da rede municipal de Caruaru. Nesse sentido, as reformas emergenciais anunciadas pela prefeitura são, na verdade, a primeira vitória da greve dos professores.

 

Mesmo sem ter essa intenção e admitindo que os problemas de estrutura física não são “pontuais”, como afirmava a prefeitura, a medida do executivo acaba reconhecendo a legitimidade do nosso movimento, confirmando o que já vimos dizendo há muito tempo: a luta dos professores não é, apenas, por melhores salários. É, sobretudo, por dignidade, respeito e valorização profissional. Por isso, exigimos condições básicas de trabalho, merenda de qualidade para nossos alunos e escolas em boas condições de funcionamento.

 
Continuaremos na luta, pois essa é apenas a primeira vitória da nossa greve. Ainda temos muito a (re)conquistar, mas, agora, muito mais fortalecidos, pois estamos conscientes de que nossos alunos terão escolas em melhores condições e isso é fruto da nossa luta. Assim sendo, cada gota de suor, cada lágrima derramada até agora não tem sido em vão.
 
Viva a luta dos professores de Caruaru!
 

Caruaru, 21 de abril de 2014.
Diretoria da Associação dos Trabalhadores em Educação de Caruaru – ATEC.

 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.