26 de Maio de 2015 às 08:49h

Escola do Murici fechada para reforma após protesto de moradores deve reabrir em duas semanas

SONY DSC
 
Os alunos da Educação Infantil do Murici e localidades vizinhas, matriculadas no anexo da Escola Maria Bezerra Torres, já estão em sala de aula e agora desfrutando de um espaço totalmente reformado para garantir melhor comodidade às crianças.
 
As salas passaram por manutenção geral e toda parte elétrica e hidráulica foi trocada. Novos forros, pintura, portas, janelas e piso foram instalados e o banheiro também passou por manutenção.
 
Agora falta pouco para que a sede da unidade de ensino tenha a reforma totalmente concluída. De acordo com a secretária de Educação, Graça Rosal, em breve a escola estará totalmente pronta. “A empresa responsável pela obra se comprometeu com a Secretaria de Educação para entregar a unidade de ensino finalizada em no máximo duas semanas”, afirmou.
 
No prédio principal da escola, seis salas foram totalmente reformadas. Parte do telhado está recebendo os últimos retoques. As portas e janelas danificadas foram substituídas. A bateria de banheiros recebeu revisão geral, onde pias, torneiras e bacias sanitárias já foram trocadas. O muro da parte externa foi reconstruído e alguns ambientes estão sendo pintados.
 
Histórico – A Escola oferecia risco aos alunos. O telhado estava prestes a cair e os pais temiam que uma tragédia acontecesse. Depois de solicitarem a reforma e não serem atendidos, os moradores do bairro resolveram fechar uma rodovia em protesto. O caso ganhou repercussão na imprensa e a prefeitura decidiu iniciar uma reforma emergencial na unidade.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.