20 de maio de 2014 às 16:18h

Exército pode ir embora de Pernambuco antes do previsto

exercito-JC-Imagem-624x416
 
A presença do Exército e da Força Nacional em Pernambuco pode ser encerrada antes do prazo previsto para o dia 29 deste mês. A avaliação foi apresentada nessa segunda-feira (19) pelo Governo do Estado, que avalia que a segurança já foi restabelecida após a greve de policiais militares e bombeiros ocorrida na semana passada, que gerou saques e arrastões.
 
“A missão das Forças Armadas está sendo muito bem cumprida. Podemos assegurar à população que as condições de segurança foram restabelecidas e a Cidade do Recife, bem como o Estado, vive um quadro de tranquilidade”, avaliou o general Jesus Correia, que comanda a 7ª Região Militar.
 
“Cremos que muito em breve, mediante a determinação do Governo do Estado, teremos condições de realizar outra avaliação verificando, de fato, a real necessidade de suspender ou não atuação das forças armadas no Estado”, completou. A decisão cabe ao governador João Lyra Neto (PSB).
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.