9 de dezembro de 2013 às 11:14h

Feira da Sulanca tem tumulto e medo para comerciantes

Neta segunda-feira (09), a Feira da Sulanca de Caruaru teve tumulto e caos para compradores e vendedores. Boatos de arrastão e tiros amedrontaram a população, provocando saídas em massa. O assunto foi abordado no Além da Notícia (Rádio Jornal) de hoje.
 
O Capitão Edmilson, da Polícia Militar, durante o programa informou que o efetivo da polícia está desde o início da feira, no Parque 18 de Maio, monitorando e fazendo a segurança do local. E que o tumulto é proveniente de boatos e do medo das pessoas.
 
“Estamos aqui desde às 6h, uma pessoa efetuou um disparo. As pessoas que se machucaram foi decorrente do tumulto. Apenas uma pessoa foi alvejada. Não houve assalto à mão armada. O que está acontecendo são boatos”, disse o Capitão Edmilson.
 
“São os bandidos que gritam o arrastão e as pessoas ficam com medo e acabam se descuidando, são assaltadas e não percebem por causa do medo”, completou.
 
A comerciante Maria do Carmo, também no Além da Notícia, informou que houve muito tumulto e que viu poucos policiais fazendo a segurança. “Estamos em um grande apuro, um grande tumulto. Ao lado do posto do Parque 18 de Maio, muitas pessoas correndo. Pessoas correram e foram pisoteadas por outros. As lojas fechadas e as pessoas tentando entrar. Depois vimos cinco motos da Rocam, que foram aplaudidas pelo povo. Vi policiais em três locais, mas mesmo tendo efetivo não conseguiriam impedir”, disse a comerciante.
 
Outros comerciantes informaram que o tumulto foi grande e que não pretendem voltar na próxima semana para a Feira da Sulanca, como a comerciante Elenice, de São Caetano. “Quando eu fui chegando vi o povo correndo na ponte, fiquei parada esperando passar, falaram para mim que era um tiroteio perto da Fábrica da Moda”, disse enfatizando que não volta na próxima semana. “Está perigoso demais, roubaram o telefone da menina, foi um rapaz que viu e devolveu pra ela”, contou Elenice.

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.