13 de setembro de 2013 às 08:48h

Funcionários dos Correios em Pernambuco deflagram greve. Paralisação começa hoje

Assembleia dos Correios realizada na noite de ontem

Assembleia dos Correios realizada na noite de ontem


 
A partir da 0h desta sexta-feira (13) os funcionários dos Correios em Pernambuco entraram em greve. A paralisação por tempo indeterminado foi deflagrada em audiência pública nesta quinta (12). A empresa possui 3,6 mil trabalhadores no Estado, que atuam em 200 unidades.
 
De acordo com o diretor de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos de Pernambuco (SINTECT-PE), Luciano Batista, representantes da entidade farão piquete nas agências na manhã desta sexta (13) para mobilizar a categoria e, às 16h, haverá uma nova assembleia, em frente aos Correios da Avenida Guararapes, na área central do Recife, para deliberar sobre os rumos do movimento.
 
Os funcionários reivindicam piso salarial de R$ R$ 1.400 (hoje, o valor é R$ 1.004) e reajuste salarial de 47,8%, além de melhores condições de trabalho, fim das terceirizações, contratação de concursados e manutenção do sistema de assistência médica.
 
A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) apresentou proposta de reajuste salarial de 5,27%, considerada insatisfatória pelo sindicato, pois sequer atinge a inflação do período, medida em 7,13% entre agosto de 2012 e julho de 2013.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.