2 de Janeiro de 2018 às 10:45h

Governador decreta luto oficial pela morte de Armando Monteiro Filho

O governador Paulo Câmara decretou, hoje (02), luto oficial de três dias pela morte do ex-ministro Armando Monteiro Filho. Paulo também divulgou nota de pesar se solidarizando com familiares e amigos de Armando Filho:
 
“Dr. Armando foi um honrado pernambucano, um legítimo cavalheiro que sempre lutou, ao longo de toda a sua vida, pelas maiores causas do nosso Estado e do Brasil, como empresário e politico. Dr. Armando teve uma postura firme, democrática e corajosa no enfrentamento com a ditadura militar e foi uma referência para gerações. Quero prestar a minha homenagem pessoal a esse grande pernambucano e me solidarizar com seus familiares e amigos.”
 
O líder da Oposição na ALEPE, deputado Silvio Costa Filho, também emitiu uma nota de pesar. “Foi com profundo pesar que recebi a notícia de falecimento do Dr. Armando Monteiro Filho, um exemplo de homem público, pai e amigo. Uma de suas principais marcas sempre foi a solidariedade e, acima de tudo, a lealdade a seus amigos. Dr. Armando Filho sempre será um exemplo para a minha e para as próximas gerações. Ninguém no Estado pode contar a história de Pernambuco sem falar do legado desse grande pernambucano”, diz o texto.
 
O deputado federal Danilo Cabral (PSB), também se pronunciou sobre o falecimento do ex-ministro:
“Dr. Armando foi um brasileiro digno. Um cidadão do bem! Cumpriu uma passagem bonita entre nós. Enquanto cidadão era uma pessoa generosa e fidalga. Pai de família exemplar. Como homem público, sempre teve uma preocupação com a justiça social e a redução das desigualdades no Brasil.
Que Deus o guarde em lugar especial e conforte toda a sua família”, enfatizou.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.