8 de setembro de 2014 às 08:30h

Governador destaca participação da juventude no desfile cívico-militar do Dia da Independência

EBO_0607
 
O governador João Lyra Neto, acompanhado da primeira-dama Leila Queiroz, acompanhou o tradicional desfile cívico-militar, que celebrou o 192º aniversário da Independência do Brasil, neste domingo (07/09). O desfile aconteceu na Avenida Marechal Mascarenhas de Morais, no bairro da Imbiribeira, Zona Sul do Recife. A solenidade contou com o desfile de quatro mil estudantes do Ensino Fundamental e Médio das redes pública e particular de ensino, além de instituições civis e militares. O governador destacou a participação dos estudantes e lembrou a importância de celebrar as conquistas do povo brasileiro. “Tivemos um exemplar desfile, inclusive com a participação muito forte das escolas públicas. Esse fato demonstra o engajamento da juventude na comemoração de 7 de setembro”, declarou João Lyra Neto.
 
Antes do início do desfile, o governador, acompanhado do general Manoel Luiz Narvaz Pafiadache, seguiu de carro aberto, um Lincoln 1933, do Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães, o Geraldão, até o viaduto Tancredo Neves para a Revista à Tropa. Durante o percurso, o governador foi aplaudido e festejado pela população. Após a apresentação dos estudantes, ocorreu o desfile militar, que contou com a participação das Forças e Corporações da Marinha, Exército, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Rodoviária e Força Aérea Brasileira, totalizando 4.400 oficiais. “Nós percebemos, apesar das condições climáticas, uma demonstração maravilhosa de civismo, principalmente por parte das escolas”, grifou o general Manoel Luiz Narvaz Pafiadache.
 
ACESSIBILIDADE – A novidade deste ano foi a primeira edição do Camarote da Acessibilidade no desfile cívico-militar. Além de um amplo espaço com banheiros adaptados, o camarote contou com intérpretes da Linguagem Brasileira de Sinais (Libra) para pessoas surdas. Uma oportunidade para reafirmar a cidadania do pernambucano que necessita de atenção especial. A jovem Emily Vitória, de apenas sete anos, que é cadeirante, aprovou a estrutura e já garantiu que vai repetir a dose no próximo ano. “Eu quero estar aqui todos os anos”, disse Emily. O Camarote da Acessibilidade é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Estado e foi acolhida pela coordenação do desfile.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.