14 de janeiro de 2015 às 13:18h

Governo do Estado ainda deve R$ 5 milhões para Feira de Caruaru

 
paulo e henry
 
O governo de Pernambuco, principal parceiro da Prefeitura de Caruaru (PE) para a mudança da Feira da Sulanca, ainda está devendo R$ 5 milhões para a aquisição do novo terreno, que custou R$ 11 milhões aos cofres públicos. A verba -R$ 10 milhões- foi prometida por Eduardo Campos e parcelada em duas vezes. A primeira paga antes das eleições de 2014 e a segunda ainda sem previsão.
 
Durante o lançamento da Nova Feira da Sulanca, nesta terça-feira (12), o vice-governador Raul Henry comentou sobre o acerto e disse que o montante será pago. “Está dentro do cronograma do Estado e esse compromisso será honrado”, disse Henry, afirmando que o prefeito José Queiroz ainda acertará os detalhes com o governador Paulo Câmara. E completou: “Esse é um projeto muito importante para a cidade. Caruaru está crescendo e precisa de projetos para crescer mais. Esse povo aqui dá um exemplo para Pernambuco de como trabalhar pelo futuro e pelo desenvolvimento”, finalizou.
 
Queiroz informou que o pagamento será feito “quando o governador abrir o exercício financeiro”.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.