9 de novembro de 2015 às 10:26h

Grupo LATAM adia o anúncio da sede do hub Nordeste no Brasil para o primeiro semestre de 2016

O Grupo LATAM informa que será necessário adiar o anúncio sobre qual capital sediará o primeiro hub (centro de conexões de voos) doméstico e internacional do Nordeste do Brasil, previsto inicialmente para o fim deste ano. Essa decisão se deve ao prazo de desenvolvimento da infraestrutura aeroportuária.
 
A infraestrutura aeroportuária é um dos três fatores de decisão estabelecidos pelo Grupo LATAM, que incluem paralelamente a experiência do cliente e a competitividade em custos, ambos, neste momento, igualmente em análise.
 
Os aeroportos das três capitais envolvidas no processo (Fortaleza, Natal e Recife) estão discutindo adaptações técnicas para sediar o hub. O encaminhamento dessas discussões dependerá de um conjunto de avaliações, que envolverá várias esferas governamentais e concessionários, para o aprofundamento dos requisitos que foram apresentados nos estudos técnicos realizados pelas consultorias Arup e Oxford Economics para a implementação de um hub no Nordeste.
 
“Assegurar a eficiência da infraestrutura aeroportuária, atrelada à experiência do cliente e à competitividade em custos é essencial para o projeto. Esses critérios precisam estar muito bem definidos e neste momento o cenário não oferece ainda as condições necessárias para esta tomada de decisão. Continuaremos a avaliar todos os requisitos essenciais da infraestrutura aeroportuária e da competitividade de custos”, comenta Claudia Sender, presidente da TAM S/A. “Seguimos confiantes no desenvolvimento do projeto, que trará grandes benefícios para o país e toda a região Nordeste”, finaliza.
 
O Grupo LATAM assegura que continuará avaliando todas as condições para a definição da capital que será a sede do hub Nordeste. Esta decisão poderá ocorrer ainda no primeiro semestre de 2016. A iniciativa do hub permanece no plano de investimentos do Grupo.
 
Nota do Estado
 
Em nota o Governo do Estado declarou que entende as razões que motivaram o Grupo a adiar a definição do local:
 
O Governo de Pernambuco compreende as razões que levaram o Grupo Latam a adiar a definição do local do futuro Hub Nordeste. A decisão foi comunicada antecipadamente ao governador Paulo Câmara pela presidente da TAM, Claudia Sender.
 
Apesar disso, o Governo de Pernambuco mantém inalterado o seu compromisso de, juntamente com a Infraero, entregar à LATAM todos os elementos de decisão devidamente detalhados até o final deste mês de novembro. Pernambuco estará com tudo pronto no próximo dia 30, independentemente do adiamento.
 
O nosso trabalho continua e mantemos a convicção de que o Recife é o melhor local para instalação do Hub.
 
Governo do Estado de Pernambuco
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.