9 de setembro de 2014 às 08:49h

Homem é preso em Caruaru com mais de mil anabolizantes de venda proibida no Brasil

08e637e4c7519532ced8c68057071b54
 
A Polícia Federal em Pernambuco prendeu, nessa segunda-feira (8), um rapaz acusado de comprar 100 caixas mil comprimidos e 50 ampolas de medicamentos anabolizantes de origem estrangeira com venda proibida no Brasil. Ele mora em Altinho, no Agreste do Estado, e não tinha antecedentes criminais.
Os federais chegaram a Bruno César Santos de Lima, 20 anos, por meio do Sedex – com origem de São Paulo -, forma que a encomenda seria entregue a ele. A polícia montou uma equipe em frente à residência do acusado, e ao ver o carteiro chegar, abordou a pessoa que recebeu o pacote, que se identificou como a mãe do rapaz.
 
A senhora foi conduzida à Delegacia de Caruaru, no Agreste, para prestar esclarecimentos. Quando o marido dela – que é policial militar – soube do ocorrido, localizou o filho Bruno e o levou à PF.
 
Bruno foi preso em flagrante e autuado por ter em depósito medicamentos anabolizantes de origem estrangeira (não têm registro na Vigilância Sanitária), e caso condenado poderá pegar penas que variam de 10 a 15 anos de reclusão. Ele foi encaminhado à Penitenciária Juíz Plácido de Souza, em Caruaru, onde ficará à disposição da Justiça.
 
No interrogatório, o rapaz disse que pratica exercícios físicos de musculação e compra pela internet os suplementos que toma. Contou ainda que nunca revendeu, consumia tudo. Sobre a grande quantidade, Bruno alegou que comprou com desconto, mas não deu detalhes sobre de quem comprou.
 
Ao todo, foram apreendidos 33 caixas de Stanozaland Depot, na forma líquida; mil comprimidos de Stanozolol; 15 caixas de Decanato de Landrolona; oito caixas de Enantato de Testosterona; duas caixas de Cipionato de Testosterona; 50 amapolas de Sales de testosterona; cinco caixas de Trembolona; duas caixas de Oximetolona; 10 caixas de Metandrostenolona; oito caixas de Stanozolol e dez frascos de Testogar, oriundos do Paraguai, Chile, Argentina, Índia e Austrália.
 
A maioria destes medicamentos é do tipo esteroide anabolizante, que podem causar problemas no estômago e no fígado de quem os utiliza.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.