8 de novembro de 2017 às 10:37h

Instituições protestam contra falta de repasses da Prefeitura de Caruaru

(Foto: Giovani Gomes/Rádio Jornal Caruaru)


 
Em Caruaru, membros e famílias de pessoas atendidas por instituições que cuidam de deficientes intelectuais fizeram um protesto na frente do prédio onde funciona o gabinete da prefeita Raquel Lyra. Os manifestantes alegam que, desde janeiro, as instituições não recebem a verba do Fundo Nacional de Assistência Social, que é oriunda do governo Federal e deve ser repassada pela Prefeitura de Caruaru.
 
Cerca de R$ 10 mil deveriam ser repassados, individualmente, para a Unidade Especializada de Caruaru (Unecar), o Grupo Especializado de Reabilitação (Gerpe) e a Unidade Especializada de Pernambuco (Unerpe). A verba é utilizada para fazer a manutenção das casas, pagar funcionários e prestar os serviços.
 
As organizações atendem cerca de 70 pessoas, com deficiência intelectual e precisam de doações e repasses do governo Federal e municipal para continuar prestando serviços ao público.
 
Em entrevista para a Rádio Jornal Caruaru, a coordenadora administrativa da Unecar, Kelma Florêncio, afirmou que as instituições ainda não receberam os repasses esse ano. “Estamos trabalhando desde janeiro e não houve repasse da Prefeitura. Brasília manda e a Prefeitura não repassou, por burocracias. Eles sempre dizem que estão analisando e nunca acaba”, disse.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.