24 de fevereiro de 2014 às 08:42h

João Lyra – Chapéu de bobo para quem não é bobo, cai da cabeça

eduardo-JoaoLyra-HS
 
Alguém realmente acredita que o vice-governador João Lyra Neto, experimentado na política, vai fazer birra como se fosse criança? Tudo bem, há quem acredite, mas é difícil de imaginar. Ele não é bobo.
 
Primeiro, porque ele é um dos mais experientes do grupo governista e sabe como as coisas funcionam. Segundo, porque se ele embarcou no discurso do governador Eduardo Campos, chegando ao ponto de se desfiliar do PDT e ingressar no PSB, sabia que estava fazendo um pacto de sangue com as vontades do chefe e não teria como reclamar depois.
 
E mais: se o vice-governador realmente acreditava com fervor na possibilidade de ser o indicado, é porque não soube fazer a leitura política do momento. É porque não leu nenhum jornal nos últimos meses.
 
O vice-governador, se é que foi pego de surpresa, só tem duas opções agora: fingir que não sentiu o baque, assumir o governo do Estado e colocar sua foto na Galeria de Governadores do Palácio enquanto forma base para Raquel Lyra buscar a prefeitura de Caruaru em 2016, ou exigir votos, lançar uma candidatura a Deputado Federal e tentar se destacar no lesgislativo, deixando o Governo para Guilherme Uchôa e para o seu ex, o PDT de Queiroz.
 
Considerando que ele, realmente, tenha sido pego de surpresa. Alguém duvida da solução?
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.