16 de maio de 2014 às 07:30h

João Lyra sai fortalecido de crise com PM

.

.

O governador João Lyra Neto saiu fortalecido da crise com a Polícia Militar. Greves desse tipo, ainda mais em ano eleitoral, são uma armadilha para os governantes. No geral, os gestores postergam ao máximo o pedido de ajuda ao Governo Federal. A ideia é sempre passar a impressão que tem a situação sob controle e sabe cuidar de tudo sozinho. Pedir ajuda é sinal de fraqueza política.
 
Lyra agiu como estadista, mesmo podendo gerar críticas sobre si e sobre Eduardo Campos. Agiu com altivez, em benefício do bem comum que é a segurança do povo e do bem estar da sociedade. Quem quiser criticar, afirmando falta de condições para controlar a crise sozinho, precisa explicar como iria garantir a segurança das pessoas em Pernambuco que ontem entraram em desespero por causa da falta de segurança.
 
Registrar aqui, também, a presteza do secretário de imprensa, Ivan Maurício que, de forma prática e esclarecedora, prestou todas as informações necessárias para tranquilizar a população nos momentos de maior crise. Chegou, inclusive, a ele mesmo dar entrevistas (o que não é comum) para ajudar a reformar a tranquilidade entre as pessoas. Foi um ato corajoso e louvável.
 
Definitivamente, João Lyra já pode dizer que não fará um mandato de “tapa-buraco”.

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.