13 de janeiro de 2014 às 08:40h

Leonardo Chaves tem 48 horas para informar o Ministério Público sobre o processo de cassação dos vereadores

Leonardo chaves
 
A partir de hoje (13), o presidente Leonardo Chaves precisa se pronunciar ao Ministério Público, em um prazo de 48 horas, sobre o andamento do processo de cassação dos dez vereadores flagrados na Operação Ponto Final. O pedido partiu dos promotores Maviael Souza e Bianca Stella.
 
Caso nenhuma atitude seja tomada, a promotoria pode entrar com uma ação por improbidade administrativa.
 
Entrevistado na última sexta-feira (10), o presidente da comissão de ética da Casa, vereador Ricardo Liberato, não conseguiu emitir nenhuma opinião ou análise sobre o que pode acontecer. O tempo todo, reservou-se ao silêncio ou passou a responsabilidade sobre um processo de quebra de decoro para Leonardo Chaves.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.