4 de dezembro de 2013 às 07:31h

Mais 177 médicos cubanos chegam a Pernambuco

Apresentação, mês passado, dos médicos cubanos que já estão trabalhando em Caruaru

Apresentação, mês passado, dos médicos cubanos que já estão trabalhando em Caruaru


 
Do JC
 
Cento e setenta e sete médicos cubanos que participam da segunda etapa do Programa Mais Médicos desembarcaram no Recife no início da tarde desta terça-feira (3). Eles vão trabalhar em 78 municípios pernambucanos. Durante a semana, os profissionais conhecerão hospitais e clínicas do estado antes de irem para as cidades onde trabalharão a partir do dia 9 de dezembro. A diretora do Departamento de Gestão da Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Sônia Brito, recebeu o grupo na Base Aérea do Recife.
 
Nessa segunda-feira (2), 98 médicos cubanos chegaram a Curitiba, no Paraná; 209 desembarcaram em São Luís, no Maranhão; 230 profissionais chegaram a Belo Horizonte, em Minas Gerais; 91 cubanos desembarcaram em Natal, no Rio Grande do Norte; e 75 médicos cubanos chegaram a João Pessoa, na Paraíba.
 
Os médicos passarão uma semana nas capitais dos estados conhecendo a estrutura de saúde e as doenças mais frequentes da região, antes de irem para os municípios e distritos indígenas. A partir do dia 9 de dezembro, eles se juntam aos 3.678 profissionais do programa que já estão atendendo a população nas unidades básicas de saúde, totalizando 5.796 médicos em 2.025 cidades.
 
Ao todo, três mil médicos cubanos estiveram, nas últimas três semanas, concentrados em cinco capitais – Brasília, Fortaleza, Vitória, Belo Horizonte e São Paulo – participando do módulo de acolhimento e avaliação do Mais Médicos. A aprovação no curso é condição para a emissão do registro profissional provisório pelo Ministério da Saúde, sem o qual os médicos estrangeiros não podem atuar no Brasil.
 
As inscrições para a terceira etapa do Mais Médicos foram abertas na última quinta-feira (28). Os interessados devem se inscrever no site do programa. Para formados no Brasil, a inscrição vai até 9 de dezembro. Médicos com registro profissional em outros países devem anexar ao formulário os documentos validados pelos consulados até o dia 13. Estarão disponíveis para o preenchimento de vagas nesta etapa todos os municípios que ainda não receberam nenhum profissional do programa.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.