27 de setembro de 2013 às 11:02h

Marcelo Cumaru diz que preâmbulo do pedido de CPI não pode ser utilizado como desculpa por Leonardo Chaves para passar por cima da Constituição

Nesta sexta-feira, 27, o Além da Notícia (Rádio Jornal), teve a participação do advogado da bancada de oposição de Caruaru, Marcelo Cumaru, que informou os procedimentos que serão tomados para que seja estabelecida a CPI que investiga a Prefeitura do município.

 

 

Marcelo falou ainda que os argumentos utilizados pelo presidente da Câmara, Leonardo Chaves, sobre o erro no requerimento que pedia que o plenário da Casa fosse ouvido, “não pode ser usado como desculpa para ignorar o conteúdo do pedido, nem para passar por cima da Constituição Federal.”

 

 

Sobre as declarações do vereador Ranilson, sobre uma tentativa de comprar a sua assinatura para a CPI, Marcelo informou que não será responsável pelo caso, mas como na reunião desta quinta-feira (26), na Casa de Leis, o edil retificou a informação sobre o assunto dizendo que foi mal compreendido, acredita que não deve ser levado à Justiça.

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.