15 de janeiro de 2015 às 09:25h

Mega empreendimento será lançado nesta quinta em Caruaru

Um mega empreendimento será lançado nesta quinta-feira em Caruaru, no Agreste pernambucano. Trata-se do Cidade das Compras, em centro comercial que promete inovações no Polo de Confecções do Agreste. O empreendimento será construído às margens da BR-104, no município de Riacho das Almas, no sentido Caruaru/Toritama. Serão 252 mil metros quadrados de Área Bruta Locável (ABL) e 460 mil metros quadrados de área construída. A enorme estrutura contará com lojas âncoras, boxes, lojas de serviços, praça de alimentação, centro de convenções, hotéis, porto seco, centro de distribuição de mercadorias, postos de combustíveis e estacionamento para todos os tipos de veículos.
 
O projeto prevê a construção de 544 lojas de 50 m², 48 de 120 m², e 159 lojas de 240 metros quadrados, além de 200 quiosques e 15 mil boxes. Já a praça de alimentação terá 112 lanchonetes e 20 restaurantes. Na praça de alimentação haverá um palco central para música ao vivo e shows variados. O centro de compras terá ainda diversas lojas de serviços e 16 banheiros, com 40 unidades sanitárias.
 
A estrutura inclui um moderno centro de convenções, dividido em quatro módulos que, juntos, terão capacidade para 27 mil pessoas. O espaço servirá para shows, feiras e outros eventos de grande porte. Para facilitar a vida de visitantes e compradores, serão construídos oito hotéis que, juntos, vão disponibilizar 2.700 leitos.
 
O empreendimento Cidade das Compras contará ainda com um porto seco, galpões para transportadoras e área de armazenagem de resíduos sólidos. Também haverá oficinas, borracharia e serviços de lavagem de carros. O estacionamento terá capacidade para 633 ônibus e 11 mil veículos.
 
O Cidade das Compras é um empreendimento que será construído por um consórcio formado por empresários de Pernambuco, Bahia e Minas Gerais. O lançamento acontece nesta quinta-feira (15), às 19h, no Shopping Difusora, em Caruaru. O acesso é livre.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.