31 de outubro de 2014 às 07:47h

Ministério Público Federal e OAB-PE vão investigar denúncias de preconceito contra nordestinos

twitter
 
A polêmica começou com o anúncio do resultado do segundo turno presidencial, que trouxe a vitória de Dilma Rousseff, presidente reeleita, e a derrota do tucano Aécio Neves.
 
No facebook e no twitter surgiram mensagens agressivas e discriminatórias contra os nordestinos. A “justificativa” para o fato é que a petista teve grande porcentagem dos votos em todos os estados da Região.
 
A punição pelo crime de incitação ao preconceito está prevista no Artigo 20 da Lei 7.716/89. A notícia-crime, protocolada nessa quarta-feira (30), será analisada por um dos procuradores do Ministério Público Federal. Adriana Rocha Coutinho, vice presidente da OAB Pernambuco, afirma que os excessos devem ser combatidos.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.