14 de outubro de 2015 às 12:36h

Ministério Público instaura inquérito para apuração de denúncias de contratações ilegais no São João 2014 de Caruaru

alcimar_monteiro1-640x330
 
O Ministério Público do Estado (MPPE), através da Procuradoria de Justiça e de Cidadania, considerou as denúncias veiculadas na imprensa, relacionadas as contratações dos artistas para apresentação no São João de Caruaru que apresentavam indícios de ilegalidade, e instaurou no último dia 7 de outubro, inquérito civil público, para investigar as afirmações feitas pelo cantor Alcimar Monteiro, contra a Prefeitura de Caruaru, durante o período junino de 2014.
 
Na época, o cantor denunciou que artistas estavam sendo contratados por valores superiores aqueles que são normalmente cobrados. Alcimar também disse que artistas estavam sendo contratados e cujos valores seriam passados sem a nota fiscal.
 
Revoltado com a proposta recebida pela Fundação de Cultura de Caruaru, o cantor mandou um recado direto para o MPPE. “Olhem esses contratados, me disseram que tem coisa superfaturada. Atenção Ministério Público, prestem atenção e investiguem essas contratações”, disparou o músico.
 
O Ministério Público está solicitando a prefeitura de Caruaru, cópias de todos os contratos e notas fiscais das contratações efetuadas na festa junina de 2014.
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.