29 de novembro de 2016 às 10:45h

Morre goleiro brasileiro que sobreviveu à queda do avião

O goleiro da Chapecoense Marcos Danilo Padilha não resistiu aos ferimentos e morreu em um hospital da Colômbia, após ser resgatado de um acidente aéreo nas proximidades de Medellín.
 
A informação veiculada pela imprensa colombiana partiu da Cruz Vermelha e da empresa de logística que estava em contato com a equipe de futebol da Chapecoense.
 
Marcos Danilo era um dos seis sobreviventes do desastre de avião, que fazia um voo charter com 81 pessoas a bordo, incluindo a equipe de futebol brasileira Chapecoense, de Santa Catarina, que ia disputar a final da Taça Sul-Americana com uma equipe colombiana.
 
Em comunicado, o aeroporto de Medellín informou que o avião, com matrícula da Bolívia, “declarou-se em emergência” às 22h locais “por falhas técnicas”, de acordo com a transmissão feita para a torre de controle.
 
O avião tinha saído do aeroporto Viru Viru, de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, onde tinha feito uma escala técnica.
 
Da Agência Lusa
 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.